Notícias Adventistas

Coluna | Karyne Correia

Ensinando às crianças sobre emoções com a história do Natal

Como muitas histórias da Bíblia, o relato do nascimento de Jesus traz muitas lições úteis para a formação da inteligência emocional das crianças


  • Share:

Medo, raiva, tristeza e alegria são algumas das emoções que os personagens da história do nascimento de Jesus sentiram (Foto: Shutterstock)

A verdadeira educação compreende o ser humano como um todo. Isso significa que os aspectos físico, mental, espiritual e moral da criança devem ser plena e integradamente trabalhados. E dentro do aspecto mental estão as emoções. Compreender cada uma delas possibilitará à criança lidar de forma adequada com as suas emoções e as dos demais.

Leia também:

Todo tempo é tempo de educar. Podemos aproveitar cada oportunidade do dia a dia para ensinar aos nossos filhos conceitos e habilidades. Neste Natal, que tal nos servirmos da história do nascimento de Jesus para ensinar aos pequenos grandes lições sobre aquilo que sentimos?

Emoções básicas

Existem cinco emoções básicas: medo, tristeza, nojo, raiva e alegria. Podemos ensinar sobre todas elas enquanto contamos às crianças o relato bíblico do nascimento de Jesus. No vídeo abaixo eu explico com detalhes como podemos fazer isso.

Além destas emoções básicas, podemos falar sobre a esperança; um sentimento tão necessário ao mundo, especialmente neste momento em que enfrentamos diferentes crises ocasionadas pela pandemia.

Educação emocional no lar

Ao longo de 2020, tivemos uma comprovação de como a saúde mental é importante. Um bom manejo da ansiedade e do estresse fez a diferença na vida de muitas pessoas, enquanto a falta de habilidades emocionais tornou muita gente ainda mais vulnerável aos problemas que se instalaram no mundo.

Mas não estamos preocupados apenas em formar crianças capazes de enfrentar as dificuldades desse mundo, certo? Queremos desenvolver nelas um caráter para o Céu. E até nesta formação do caráter a educação emocional tem o seu papel. “Se os pensamentos forem maus, maus serão também os sentimentos; e os pensamentos e os sentimentos, combinados, constituem o caráter moral” (Mente, Caráter e Personalidade, vol. 2, pág. 593).

O lar é a primeira escola. É onde as crianças recebem os primeiros modelos, formam os primeiros conceitos e iniciam o desenvolvimento da inteligência emocional. Pensando nisso, quero deixar duas sugestões de materiais para você usar com suas crianças. A primeira é o livro Minhas emoções, lançado recentemente pela CPB. Aqui em casa, esse livro fez sucesso com as crianças. Acredito que será muito útil em seu lar também. E a segunda é uma música que preparamos para ajudar os pequenos a manejar bem suas emoções, tendo como base o que a Bíblia nos ensina sobre esse assunto. Você pode escutá-la no vídeo a seguir:

Um feliz Natal para você e para a sua família, e um novo ano cheio de esperança!

Karyne Correia

Karyne Correia

Mente Saudável

Os cuidados para se ter uma vida mentalmente saudável.

Psicóloga e mestre em Psicologia, atua na área clínica e realiza atendimento psicológico online. É palestrante e administradora do Instagram @atendimentopsi