Notícias Adventistas

Voluntários ajudam moradores de rua na região central do Rio

Semanalmente, 250 moradores são atendidos. Além do alimento físico, muitos encontram alívio espiritual nas tardes de sábado.

Por Fabiana Lopes 24 de junho de 2019

“As pessoas chamam este galpão simples de igreja”, esclarece a voluntária Monique Vidal. (Foto: Divulgação)

O projeto Casa (Centro de Assistência Social Adventista) está pequeno para a grande procura semanal de moradores de rua que vivem no centro do Rio de Janeiro. Na capital fluminense, mais de 15 mil pessoas vivem dessa maneira e em condições de carência social.

Os motivos que as levam para as ruas são os mais diversos: brigas familiares, dependência de drogas e álcool, perseguição por milicianos ou traficantes. Muitos deixaram tudo para trás e saíram de casa apenas com a roupa do corpo. Relatam como é difícil viver às margens da sociedade. Alguns encontram ajuda, mas a grande maioria vive abandonada. Sentem-se como refugiados dentro da própria cidade.

Leia também:

A iniciativa já funciona desde 2014 e é conduzida por Naó Borges. O local abre aos sábados, das 13h às 18h, e oferece almoço, lanche da tarde, trailer para banho, cortes de cabelo, além da doação de roupas e calçados. A iniciativa conta com uma equipe de 32 voluntários que atendem cerca de 250 pessoas com o preparo da comida, transporte e a distribuição de quentinhas. Na parte da tarde, exibem um filme, seguido de cânticos, orações e meditação na Bíblia.

As refeições servidas aos sábados começa a ser preparado na sexta à tarde e é finalizado no sábado pela manhã. Parte do alimento é preparado na casa de uma das voluntárias, Célia da Conceição. “Deus faz milagres. A gente olha às vezes pra comida e pensa que não vai dar, mas sempre dá pra todos”, destaca.

Vidas transformadas

Borges afirma que o Projeto Casa tem muitos desafios, mas a todo instante milagres acontecem, como na vez em que foi abordado no mercado por uma doadora. “Era exatamente o que eu precisava para quitar o valor no caixa”, relembra. Outra vez, um morador comentou que ao ouvir a mensagem no ‘galpão igreja’, fez com que ele desistisse de tirar a própria vida. “É maravilhoso ver como eles têm interesse por Deus, por ouvir a Palavra e orar. São milagres incontestáveis de Deus na vida de cada um de nós.”

A ajuda pode ser através de doações, preparo de alimentos ou simplesmente estar no projeto para ajudar de alguma forma.

No primeiro sábado de junho, Antônio e Nilda foram batizados na igreja adventista central do Rio de Janeiro. Suas histórias se entrelaçaram no projeto há três anos. Ele começou a procurar o local em busca de alimento e Nilda, além de saciar a fome, tentava se ver livre do uso das drogas. Ambos aceitaram o cristianismo. Atualmente, ela cuida do Antonio, que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) no ano passado. Agora, ele precisa de cadeira de rodas para se locomover e perdeu a fala.

Já Leonardo Maciel conheceu o projeto sozinho e diz que foi bem recebido. Ali conheceu sua esposa, e tudo na sua vida mudou. Ele luta contra o alcoolismo e conta, emocionado, um pouco da sua história. Assista:

Entre os voluntários estão o pastor Haroldo Paulino e sua esposa, Elisangela Paulino. Eles levam semanalmente um trailer para que os moradores de rua possam tomar banho. Ali oferecem toalhas, sabonetes. Durante toda a tarde, as pessoas podem fazer sua higiene pessoal.

Saiba quem faz parte deste projeto:

Naó Borges de Lima, Ismael Borges de Lima, Celia Mendes Conceição, Fátima Silva, Fátima Valerio, Nilton Narciso dos Santos, Luzia Carvalho dos Santos, Mônica Dias da Silva, Andressa Curvello de Melo, Victor Vieira Vidal, Hercília da Silva Raymundo, Monique das Neves Conceição Vidal, Sônia Regina Pereira de Lacerda, Rose Venâncio dos Santos, Natali Gabriela dos Santos Burzomato, Eudiléa Amaral Xavier, Caroline Xavier Rodrigues, Aline Xavier Rodrigues, Eudineia Amaral Xavier, Moisés Araújo da Costa, Jorge Carvalho, Luzia, Jandira, Anete Ribeiro Lessa, Jurema Gessy da Silva Braga, Haroldo Paulino, Elisangela Paulino, Vera Lúcia Ribeiro Manhães, Ana Grasiela Martins Alves, Ana Lúcia, Neemias Umbelino da Cruz e Marilce Siqueira da Cruz. Alguns pastores também ajudam no projeto: Iuri Antunes, Marcos Aguiar, Jean Abreu e Gilson Montin.

Como ajudar

Para ajudar no Projeto CASA como voluntário ou com alguma doação, entre em contato com:

  • Naó Borges: (21) 99706-4070
  • Projeto Casa: Rua do Camerindo, 26, Centro (perto da Central do Brasil)

Confira algumas ações realizadas pelo Projeto Casa:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox