Notícias Adventistas

Escritório em Vitória arrecada 545 cestas para o Mutirão de Páscoa

Primeira entrega beneficiou 100 famílias de dois bairros da Grande Vitória

Por Leonardo Saimon 11 de abril de 2021

Jovem recebe cesta entregue pelo departamento da Ação Solidária Adventista (Foto: Filipe Adrian)

Uma mobilização coletiva de uma das sedes administrativas da Igreja Adventista localizado em Vitória, no Espírito Santo, angariou 545 cestas básicas por ocasião do Mutirão de Páscoa. O projeto da Ação Solidária Adventista (ASA) visa arrecadar alimentos e distribuir entre pessoas em situação vulnerável. Na sexta-feira, 9, 100 famílias foram atendidas neste primeiro momento com parte das arrecadações.

Leia também: 

“Nós fizemos no escritório o desafio para que pudéssemos montar essas cestas para atender a comunidade, entendendo que vivemos um período desafiador”, explica o presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o centro-norte do Estado, pastor Luís Mário de Souza.

Cada colaborador foi convidado a doar quantas cestas tivesse condições. E para cada cesta arrecadada, a sede administrativa complementaria com outras três. Este foi o pontapé motivador para que os templos replicassem a ação. Cada distrito tem como meta arrecadar 100 cestas. Desta forma, o centro-norte capixaba tem como objetivo arrecadar cinco mil delas.

“Cada distrito deve arrecadar os alimentos entre os membros de suas igrejas e distribuir entre as pessoas das nossas igrejas e de nossas comunidades que estejam precisando”, complementa Marcelo Aurino, líder da ASA para a região.

Atendimento necessário

A primeira entrega ocorreu no templo adventista do bairro de Itararé, e contemplou famílias da localidade, incluindo aquelas do bairro da Penha. Elas foram divididas em dois grupos de 50 pessoas. E uma dessas famílias era a de Miriam Pereira. Sem renda, ela conta que a cesta vai ajudar a amenizar a situação em casa. “Eu não tenho renda nenhuma, nenhuma, nenhuma! Dou graças a Deus de ganhar”, salienta.

Miriam Pereira, sentada ao fundo, de blusa azul, garante que a cesta veio em boa hora (Foto: Filipe Adrian)

Adriana Bento, responsável pelo departamento no templo de Itararé, explica que a igreja possui um cadastro com nomes de famílias vulneráveis da região. E que ações como essa não são pontuais. Porém, programas como Mutirão de Páscoa e Mutirão de Natal ajudam a impulsionar e alcançar maior número de famílias.

“Aqui na igreja nós assistimos cerca de 20 famílias por mês. Acompanhamos cada uma delas durante três [meses]. Se constatarmos que elas continuam precisando de ajuda, estendemos por mais três meses”, ressalta Adriana.

Os distritos de Vista da Serra, Barcelona e Centro de Vitória também receberão as cestas arrecadadas pelo escritório.

Assista também:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=f62lY_KpWlY]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox