Notícias Adventistas

Igreja inaugura novo templo para comemorar 30 anos da Missão Global

A comemoração mundial reuniu líderes de todas as Uniões do território Sul Americano e da Conferência Geral.

Por Jenny Vieira 8 de novembro de 2020

Templo foi inaugurado com a presença de delegados e convidados do Concílio Anual da Igreja Adventista para oito países sul-americanos (Foto: Gustavo Leighton)

Cerca de 400 pessoas acompanharam a inauguração do novo templo adventista localizado no Lago Sul, cidade satélite do Distrito Federal. O sábado, 7 de novembro, também foi utilizado para celebrar mundialmente os 30 anos da Missão Global, departamento responsável pelas iniciativas de levar a mensagem da Bíblia a locais de difícil penetração do evangelho ou sem presença adventista.

O Lago Sul era um deles. Afinal, carrega o título de região de maior concentração de renda do Brasil. São mais de 29 mil habitantes em uma área de 190,237 km², ligada ao Plano Piloto pela ponte Juscelino Kubitschek, um dos cartões postais da capital federal. Com o alto investimento necessário para construir um imóvel no local, o sonho de erguer um templo adventista surgiu em 2013, quando foi lançada a pedra fundamental no terreno que pertence à sede administrativa da Igreja Adventista para a região Centro-Oeste (Ucob), mas precisou de tempo para tornar-se realidade.

Cerimônia de lançamento da pedra fundamental, em 2013. Foto: Arquivo pessoal

Em 2016, um grupo pequeno de pessoas que moravam nas redondezas, se reunia em casas, apenas às quartas e domingos. Com a chegada de visitas, foi necessário um novo ambiente para os encontros. Em 2017, o grupo foi organizado oficialmente como igreja, e passou a utilizar o auditório da Ucob como templo, reunindo-se também aos sábados.

Leia também:

Foi apenas em 2020 que o sonho de construir a igreja própria começou a se tornar real. Nesse meio tempo, três pastores passaram pela comunidade e foram essenciais para todo o processo: Jaire Oliveira (2016 – 1018), Hassani Nascimento (2018 – 2019) e David Sabino (2019 – atual), que concluiu a construção. A quantia necessária para terminar toda a obra foi doada, parte pela sede administrativa da Igreja para a região do Planalto Central (Aplac), parte por oferta voluntária dos funcionários da Sede Administrativa da Igreja na América do Sul (DSA), que possuem um projeto de ajudar na construção de igrejas, e parte por ofertas voluntárias dos próprios membros da Igreja do Lago Sul.

Veja fotos da construção na galeria:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O líder dos adventistas na América do Sul, pastor Erton Köhler, esteve presente no evento e declarou: “Essa igreja é prova de que unidos podemos ir muito mais longe. Em um ano de pandemia e de crise financeira, Deus mostrou que tudo é possível quando unimos forças e deixamos Ele agir”.

Homenagem

Uma das pessoas que mais se mobilizou para que a igreja fosse construída, foi o empresário Antônio Jacobs. Ele esteve presente no lançamento da pedra fundamental, em 2013, e, desde então, participou ativamente de cada processo que levou à construção do templo. Contudo, semanas antes da inauguração, foi vítima da COVID-19 e faleceu aos 74 anos. Em vídeo, o pastor David Sabino prestou sua homenagem em nome de toda a igreja. “Ele era um homem de grande fé e confiança no poder de Deus para realizar sonhos. Hoje nós estamos concluindo um sonho e a grande alegria é ver a igreja concluída, mas a grande saudade é do amigo, Antônio Jacobs”, expressou Sabino.

Antônio Jacobs, à esquerda, foi o líder da comissão de construção da igreja e foi homenageado durante a inauguração. Faleceu aos 74 anos, vítima da COVID-19, em 14 de agosto, semanas antes da inauguração. Foto: Arquivo pessoal.

Os 30 anos de Missão Global

A inauguração de novos templos faz parte do objetivo do departamento de Missão Global que nasceu oficialmente em 1990, por iniciativa da Conferência Geral. Na época, o desafio da Divisão Sul Americana era estabelecer uma igreja organizada em cada uma das prioridades do território (municípios, regiões, bairros e grupos etno-linguísticos), cuja população é superior a 5 mil habitantes, e onde há em média um adventista para cada 500 pessoas não adventistas ou mais. Nas últimas três décadas, esse desafio tem sido cumprido fielmente com a inauguração de 25.148 novas igrejas nos oito países da América do Sul. “A principal ação da área de Missão Global é, sem dúvida, plantar igrejas. Por isso, a importância de celebrar esses 30 anos, cumprindo o principal propósito de sua existência”, explicou o pastor Edison Choque, líder de Missão Global para toda a América do Sul.

O pastor Hensley Moorooven condecorou aos líderes da Igreja na América do Sul pelo trabalho no plantio de igrejas. Foto: Gustavo Leighton

Para comemorar essa data tão importante para a Igreja Adventista no mundo, o pastor Hensley Moorooven, secretário associado da Sede Mundial da Igreja, esteve presente e declarou suas palavras de gratidão à Divisão Sul Americana, pelo trabalho desempenhado durante todos esses anos. “Nós estamos aqui para comemorar o que o Senhor fez, e Ele tem liderado a Sua igreja de uma forma extraordinária. A Divisão Sul Americana é a divisão que plantou o maior número de igrejas no mundo durante os últimos 30 anos. Isso significa a dedicação de cada membro, e nós só podemos dizer obrigado”, celebra.

A cerimônia foi encerrada com a condecoração dos representantes de cada região administrativa da Igreja na América do Sul, por meio de uma medalha e um tijolo. A medalha foi em forma de agradecimento pelo trabalho realizado até aqui e o tijolo, como lembrança da construção da Igreja do Lago Sul, representando o trabalho que ainda precisa ser feito em todas as regiões, por cada líder e membro da igreja.

Confira outras imagens na galeria abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox