Notícias Adventistas

Projeto que prepara líderes do Geração 148 forma seu primeiro grupo no sul do Paraná

Por meio do Geração 148 Nitro, 221 bases do Geração 148 foram abertas em 2015.

8 de dezembro de 2015
O certificado e o pin, reconhecem os participantes como líderes do Geração 148

O certificado e o pin, reconhecem os participantes como líderes do Geração 148

Curitiba, PR… [ASN] Entre os 170 novos líderes formados na mega investidura do último sábado (5), estiveram os integrantes do Geração 148 Nitro – proposta pioneira na Igreja Adventista do Sétimo Dia que prepara a liderança dos jovens para atuar nas bases do Geração 148. “Este grupo, durante o ano, participou de seis encontros com módulos e conteúdos diferentes a cada dia. Abordamos desde a estratégia de abrir uma base, até toda a filosofia que existe por trás. Trabalhamos muito a ideia de que o jovem tem que estar focado na missão de Deus”, explica Samuel Camilo Jr, líder da área que atende jovens adventistas no sul do Paraná.

Durante o ano, os participantes conciliaram a teoria com a prática, realizando ações que buscaram resgatar adventistas afastados do caminho da fé e iniciativas comunitárias. O ‘Nitro’ é uma forma que direciona e padroniza o trabalho das bases, preocupando-se com o relacionamentos entre o próximo, Deus e a natureza.

Leia também: 

Ministério Jovem no sul do Paraná realiza mega investidura

Geração 148 ganha versão nova versão no sul do Paraná

Diante da dedicação demonstrada ao longo do ano e a capacitação concedida, diversos jovens foram certificados e reconhecidos como líderes oficiais do Geração 148. Os líderes do Geração 148 Teen projeto voltado especialmente aos adolescentes também fazem parte do ‘Nitro’ e, não é só isso.

Em 2016, o projeto ganha a versão Nitro 2.0, continuando o treinamento dos líderes formados em 2015. O próximo desafio é o plantio de novas igrejas. Para isso, a Igreja no sul do Paraná fechou uma parceria com a Andrews University e o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp – campus Engenheiro Coelho) para a realização de um curso com este foco. A capacitação vai oferecer certificação equivalente a três créditos de qualquer programa de mestrado em teologia na universidade americana.

O pastor Alex Palmeira lançou o desafio do Geração 148 Nitro 2.0, com o foco em plantio de igrejas.

O pastor Alex Palmeira lançou o desafio do Geração 148 Nitro 2.0, com o foco em plantio de igrejas.

“Ao longo de 2016, teremos módulos para entender melhor como plantar igrejas em determinados contextos de Curitiba. São contextos de acordo com as necessidades onde as bases estão inseridas. Eu acredito que a visão de plantio de igreja é mais integral, porque ela abrange muita coisa que o jovem pode fazer e não fica segmentada apenas em uma atividade”, explica Alex Palmeira, líder da Ação Missionária no Sul do Brasil, envolvido no projeto.

No bairro do Tatuquara, o sonho já está cada vez mais próximo. Com a incorporação do Geração 148 Nitro na região, os jovens se mobilizaram para alcançar frutos positivos para a igreja e comunidade. Deste trabalho, também surgiu a ideia da abertura de uma nova igreja no próximo ano. O processo deve começar, já na Missão Calebe, no mês de janeiro. “Conseguimos movimentar jovens que estavam há um tempo na igreja sem fazer nada. O Geração 148 Nitro fez com que eles se envolvessem, não somente na teoria, mas também na prática. Tem um grupo muito grande se envolvendo na missão, e o principal objetivo deles é trabalhar. As quatro bases do Geração 148 do distrito do Tatuquara irão de juntar e plantar uma nova igreja. A ideia é que no final de 2016, tenhamos uma igreja funcionando, aberta pelos jovens”, planeja Anderson Amorim, coordenador das bases do G148 na região que vai de Tatuquara à cidade de Palmas.

O projeto organizado no bairro Tatuquara não foi apenas incorporado por jovens adventistas, mas também por amigos que não possuem vínculo formal com a igreja. A curiosidade pela versão Nitro aproximou o grupo e os envolveu, como aconteceu com a jovem Roberta Souza. Ela frequentava a igreja de maneira esporádica, porém, após conhecer o projeto, começou a participar com mais frequência das atividades da igreja. Com seu namorado e uma amiga, Roberta passou a frequentar as reuniões e hoje sente que a iniciativa fez a diferença em sua vida. “Quando a gente não estava mais querendo ir à igreja, deixando o estudo bíblico de lado, buscávamos fazer parte do ‘Geração’ e aquela chama voltava! A partir do ‘Geração’, tomamos a decisão de nos batizar em janeiro”, conta Roberta, que já fala sobre o projeto às suas amigas e colegas de trabalho.

A atuação dos jovens na igreja se intensificou depois da criação do Geração 148 Nitro.

A atuação dos jovens na igreja se intensificou depois da criação do Geração 148 Nitro.

Através da orientação e do acompanhamento, 221 bases do Geração 148 foral abertas no sul do Paraná, agora, padronizadas no trabalho.

Além dos jovens do G148, a mega investidura também apresentou o novo grupo formado no sul do Paraná, chamado de Agremiação de Universitários Adventistas (Agua). A ideia é que os 256 agremiados até o momento trabalhem com um grupo externo, entrando nas universidades através do projeto Vida por Vidas e as Feiras de Saúde; e dê um suporte para a igreja na área de música. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja todas as fotos da mega investidura em nossa galeria do Facebook. Clique aqui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox