Notícias Adventistas

Igreja Adventista em BH tem líderes nomeados para o próximo quadriênio

A 22º Assembleia Ordinária da Associação Mineira Central (AMC) encerrou neste domingo, 6, com a divulgação dos nomes dos eleitos que irão liderar a Igreja Adventista em Belo Horizonte.

Por Renata Paes 6 de dezembro de 2020

Líderes da AMC para os próximos quatro anos. Na foto, faltam os dois novos líderes, Pr. Luis Carlos (Educação, Liberdade Religiosa e ASA) e PR. Marcelo Cássio (Evangelismo e Missão Global). (Foto: Renata Paes)

Após um dia inteiro de celebrações de gratidão, reconhecimento pelas bênçãos alcançadas e planejamento para os próximos quatro anos,  a 22º Assembleia Ordinária da Associação Mineira Central (AMC), que começou às 9h deste domingo, 6 de dezembro, divulgou o nome dos eleitos para assumir a administração e os departamentos da Igreja Adventista em Belo Horizonte.

Confira abaixo os nomes dos líderes administrativos e de departamentos eleitos na Quadrienal 2020.

Pr. José Marcos de Oliveira: Presidente

Pr. Claudio Hirle:  Secretário e Ministerial

Pr. Silvanio Zahn:  Tesoureiro, Expansão Patrimonial, Testamentos e Legados

Pr. Wayster Dias:  Espírito de Profecia, Publicação e Literatura Denominacional

Pr. Filipi Ribeiro: Ministério Jovem, Música e Universitários

Profa. Rita Lima: Ministério da Mulher , AFAM, Crianças e Adolescentes

Pr. Janderson Dias: Ministério de Mordomia e Saúde

Pr. Marcos Santiago: Ministério Pessoal, Escola Sabatina e Comunicação

Pr. Marcelo Cássio: Evangelismo e Missão Global

Pr. Luis Carlos de Moraes: Educação, Liberdade Religiosa e ASA

Pr. Cláudio Meirelles: Ministério dos Desbravadores, Aventureiros e Família

Leia mais:

Assembleia

No decorrer da programação, os administradores Pr. José Marcos de Oliveira, Pr. Claudio Hirle e Pr. Silvanio Zahn apresentaram os relatórios referentes ao desenvolvimento e investimento da presidência, secretaria e tesouraria feitos de 2017 a 2020. Após as apresentações, os três relatórios receberam aprovação dos delegados.

Veja abaixo o relatório da presidência.

Cerimônia batismal

Cleiton de Carvalho e Fabiana Ernesto Guedes Carvalho se batizaram durante a Quadrienal. A história do casal é marcada pela busca incessante das verdades da palavra de Deus. (Foto: Renata Paes)

Durante a pandemia, Cleiton foi realocado de setor na empresa em que trabalhava. No novo ambiente, fez novos amigos. Um dia, no horário do intervalo, ofereceu para um deles o lanche que havia levado: um cachorro quente. O amigo, de forma gentil, recusou e disse que não consumia alimentos de origem suína, pois a orientação era bíblica (Levítico 11).

Cleiton ficou curioso e na tentativa de mostrar que o amigo estava equivocado, decidiu estudar profundamente sobre o assunto. Cleiton e Fabiana frequentavam uma igreja evangélica, mas nunca tinham ouvido falar sobre o assunto. Na busca incessante pela verdade, Cleiton fez outras descobertas, como a do sábado.

Na internet e pela Tv Novo Tempo, ele foi aprendendo cada vez mais e todo esse conhecimento impressionava-lhe o coração. No início, ao compartilhar com a esposa, ela se mostrou relutante. Porém, com o tempo, estudando juntos, eles entenderam que uma nova luz estava à frente deles.

Assim que os templos foram reabertos por conta da pandemia, o casal participou de uma série de estudos do Apocalipse, durante uma semana de oração, na Igreja Adventista da Pampulha. E, na Quadrienal, decidiram renovar os votos com Deus.

O que é a Assembleia Ordinária (Quadrienal)?

A 22º Assembleia Ordinária da Associação Mineira Central (AMC) foi coordenada pelos Líderes da União Sudeste Brasileira (USeB). Na foto, Pr. Hiram Kalbermatter, presidente da USeB. (Foto: Renata Paes)

A cada quatro anos, as sedes administrativas da Igreja Adventista do Sétimo Dia realizam uma grande assembleia. Nela, apresenta-se o trabalho desenvolvido, assim como planeja-se o crescimento da igreja para os anos seguintes.

As decisões tomadas partem da avaliação e votação de um grupo de delegados e delegadas composto por pastores, funcionários da obra e membros voluntários das congregações. Esses delegados integram comissões: a principal delas é a Comissão de Nomeações.

A Comissão de Nomeações tem a função de eleger os líderes da Igreja no território para os próximos quatro anos: presidente, secretário, tesoureiro e departamentais. Os departamentais representam os ministérios da Igreja – Mordomia, Escola Sabatina, Educação, Desbravadores, Aventureiros, Jovens, Ministério Pessoal, Ação Solidária Adventista, Educação, Mulher, entre outros.

Sara Ezequiel Paula, de 22 anos, membro da Igreja Adventista do Floramar, participou pela primeira vez da Assembleia. Para ela, a Quadrienal vai além da tomada de decisões administrativas.

Ao mesmo tempo que é um privilégio é também uma responsabilidade grande estar aqui. Estar participando me fez ver a relevância em liderar a igreja e a necessidade de buscar o Espírito Santo diante das decisões tomadas. Em nenhum momento foi um evento apenas para decisões administrativas e, sim, uma programação muito espiritual”, diz ela.

Sara Ezequiel participou pela primeira vez de uma Quadrienal. (Foto: Renata Paes)

A 22º Assembleia Quadrienal Ordinária da Associação Mineira Central ocorreu em 6 de dezembro de 2020, no Centro Adventista de Treinamento e Recreação (Catre), em Belo Horizonte. A Associação Mineira Central (AMC) é a sede administrativa que representa 123 igrejas e 108 grupos adventistas situados na região central de Minas Gerais.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox