Notícias Adventistas

Casais realizam sonho da união legal em projeto de hospital adventista

Iniciativa do Hospital Adventista de Belém beneficiou oito casais e os ajudou a realizar sonho.

Por Alinic Teles 17 de junho de 2019

Willianny celebra o amor e agradece a valorização da família (Foto: Divulgação)

A colaboradora do Hospital Adventista de Belém (HAB), Williany Queiroz, vive com seu companheiro há 16 anos, com quem tem um filho. Na correria do dia a dia, o sonho de oficializar o casamento foi sendo adiado por anos, até que ela ouviu falar do programa “Valorizar”, oferecido pela instituição em que trabalha. “Ter o registro civil do meu casamento era um sonho que por muito tempo pareceu distante e agora foi realizado! Agradeço a Deus e à direção do hospital por esse projeto. Já considero aqui como minha segunda família”, destaca.

Ela e o esposo foram um dos oito casais que participaram do “União Legal”, um casamento comunitário coordenado pelo setor de Gestão de Pessoas do HAB. O objetivo é apoiar os colaboradores na formação civil de suas famílias.

Leia também:

O “Valorizar” é um programa repleto de ações que beneficiam os colaboradores em cinco áreas: saúde, segurança, valorização, produtividade e família. “Todas as vezes que a família do colaborador cresce, nossa família também cresce”, explica Jackson Freire, diretor administrativo do hospital. “Nós pensamos em cada detalhe desse projeto com muito carinho porque sabemos que ele ajudou na realização de um sonho dos nossos colaboradores”, sublinha Michelle Monteiro, coordenadora da iniciativa.

O “União Legal” entrou para a história da instituição por promover a primeira cerimônia de casamento comunitário de colaboradores. A programação foi completa, com decoração, entrada de pajens e daminhas e troca de alianças. A mensagem espiritual foi feita pelo pastor Aquino Bastos, capelão do HAB. “Lembrem-se sempre de usar essas três expressões: errei, me perdoe, eu te amo. O casamento precisa de amor, humildade e, acima de tudo, de Deus”, aconselha Bastos.

Cada casal saiu com a certidão de casamento em mãos (Foto: Divulgação)

Valorização e sonho realizado

Os casamentos tiveram efeito legal com o apoio do Cartório Val de Cães e a presença do juiz Vanderley Oliveira, que oficializou a união civil e elogiou a iniciativa. “Que cena espetacular, que une a terra aos céus!”, declarou Oliveira. Cada casal saiu com a certidão de casamento em mãos. Eles também ganharam um exemplar da Bíblia Sagrada da capelania do HAB e, depois da cerimônia, receberam seus convidados em um jantar oferecido pelo projeto. Para o colaborador Airton Nascimento, “foi um privilegio poder oficializar a nossa união. A felicidade reina em nosso lar há sete anos, por isso foi muito bom celebrar o casamento, a nossa família de forma singela e abençoada”, assegura.

A enfermeira Luana Rocha, que atua no pronto atendimento da instituição, deu um passo a mais em seu relacionamento. “Eu me encantei quando soube do projeto e fiz questão de participar. Estou me sentindo muito valorizada, tanto pelo projeto como pelo hospital. Esse é um sonho que se torna realidade. É uma honra fazer parte da família do Hospital Adventista”, declara.

Seu esposo, Yang Miranda, também agradeceu. “É uma sensação incrível viver essa oportunidade de confraternizar com a família, amigos, outros casais e principalmente com Deus, pois faz tempo que buscávamos isso. O nome do projeto já diz tudo, porque ela [a esposa], como funcionária, se sente valorizada, e a gente, como família, se sente imensamente grato por viver esse momento”, garante.

Veja mais fotos na galeria:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox