Notícias Adventistas

Um raio-x da cidade dos desbravadores

Em número de habitantes, a cidade das barracas pode ser considerada de porte médio, de acordo com a União Internacional dos Arquitetos (UIA).

Por Fernanda Beatriz 18 de janeiro de 2019

Dia movimentado em uma das principais ruas da “cidade” (Foto: Naassom Azevedo)

Com 50 mil habitantes em cada edição do evento, a cidade de barracas montada para o V Campori Sul-Americano é mais populosa que destinos turísticos como Diamantina, no Brasil; Nazca, no Peru, e Pucón, no Chile.

Leia também:

Ao todo, serão 100 mil pessoas transitando pelas ruas do Parque do Peão entre 8 e 20 de janeiro. Mas não é somente pela quantidade de visitantes que o local se parece com um município. A infraestrutura montada para atender aos participantes oferece desde hospital com unidade de terapia intensiva a shopping center.

Foram necessários quatro meses para tudo ficar pronto. Quando o evento terminar, a equipe responsável pela infraestrutura ainda permanecerá em Barretos por mais um mês para desmontar tudo. Para entender a dimensão do evento, veja os dados a seguir.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox