Notícias Adventistas

Musical sobre Paulo encerra Congresso de missionários adventistas

Musical adaptahistória de Paulo, voluntário nos tempos bíblicos, para os dias atuais

i-will-go-thumb-2

Engenheiro Coelho, SP… [ASN] Durante o encerramento da terceira edição do Congresso Internacional de Universitários Missionários Adventistas, no último sábado, 12 de setembro, foi apresentado o musical Heroi da Fé na igreja do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) campus Engenheiro Coelho. A peça conta a história de um dos grandes missionários da bíblia: Paulo de Tarso. A produção retrata como seria a sua vida no século XXI. Paulo viaja de avião, se hospeda em bons hotéis e escreve suas epístolas em um notebook. Cerca de 1,1 mil voluntários de 24 diferentes países prestigiaram o espetáculo, produzido por alunos do Unasp.

Leia também:

Voluntário em campo de refugiados participa de congresso universitário

Jovem médico adventista realiza trabalho voluntário no Amazonas

Congresso reúne universitários voluntários adventistas de todo o mundo

Modelo trocou carreira internacional para ser professora voluntária na Micronésia

Jovens são incentivados a serem voluntários no Oriente Médio e Norte da África

História é contada por meio de um vídeo. Músicas acompanham o que é exibido na tela (Foto: Ellen Lopes)

História é contada por meio de um vídeo. Músicas acompanham o que é exibido na tela (Foto: Ellen Lopes)

Mario Jorge Lima, compositor de todas as músicas do espetáculo explica que se inspirou nas obras de Paulo para escrever as letras. “Quando fiz a cantata foi no intuito de discutir a questão entre fé e obras. Para mim Paulo foi um dos principais voluntários e missionários”, afirma.

O diferencial do musical foi a criação de um filme, onde é retratado um Paulo pós-moderno. A cantata funciona como a trilha sonora desta obra. Para Mario Jorge, o novo formato retrata a realidade de hoje sem perder a essência da história. “O jovem as vezes não se sente atraído pelo voluntariado, mas na forma que foi feito chama atenção deles”, explica o compositor.

O produtor do Herói da Fé, Tuiu Costa, conta que o roteiro foi feito em um mês e a produção em três meses. Ele explica que as letras foram escritas no ano de 2000. Sete anos depois, em 2007, o maestro Lineu Soares criou as músicas. Somente em 2013 que se iniciou a produção da cantata como é conhecida hoje, com efeitos e uma nova apresentação. Para ele, o musical ficou mais acessível com um Paulo moderno, fazendo com que as pessoas se identificassem mais.

Para a realização do musical foram necessárias cerca de 80 pessoas, entre músicos, orquestra, atores e produção. O espetáculo encerrou o III Congresso Internacional de Universitários Missionários Adventistas que aconteceu entre os dias 10 e 12 de setembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Opinião do Público

Somaira Noguera, 20 anos, é estudante de psicologia. Ela veio do Peru para participar do congresso. Para ela, o musical retrata tanto as dificuldades sofridas por Paulo nos tempos bíblicos, quanto as enfrentadas pelos voluntários atualmente. “As dificuldades de antes também temos hoje. Mas nos distraímos e nos acomodamos com coisas fúteis e sem importância. Hoje, acredito que tenhamos toda a estrutura para realizar trabalhos voluntários”, explica.

A estudante conta que no próximo ano pretende ser voluntária na área de psicologia na África. “Quando me formar também quero continuar ajudando as pessoas como Paulo fez”, afirma a estudante. [Equipe ASN, Esthéfanie Vila Maior]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox