Notícias Adventistas

Eventos

Escola de Ancionato é lançada durante concílio

Mais de 400 líderes da região Leste de Mato Grosso participaram do evento.


  • Compartilhar:
Escola terá foco em ensino, pastoreio e envio, que também foram ênfases durante o Concílio de Ancionato [Foto: Marciélen Campos]

Exclusiva para anciãs, anciãos e esposas, além das diretoras, diretores de grupos e esposas. Com encontros virtuais mensais, de maio a novembro de 2022, e com o objetivo de focar em ensino, pastoreio e envio. Este é o formato da Escola de Ancionato, lançada oficialmente durante o Concílio de Ancionato, promovido no último final de semana (26 e 27/03), no auditório da Sede Administrativa da Igreja Adventista para a Região Leste de Mato Grosso.

“O ancionato é uma das áreas mais importantes da Igreja. Estes líderes são inspiração para nós, pastores”, afirma emocionado o Secretário Ministerial da Região Leste, pastor Adeilton da Silva. “Por isso, a Escola de Ancionato fará com que tudo o que foi abordado durante o concílio continue vivo dentro da mente de cada um”, complementa.

Leia também:

O Ancionato é um ministério de pessoas que, sob a orientação e acompanhamento do pastor, são os líderes espirituais da igreja e devem ajudar a conduzi-la a uma experiência cristã mais profunda e completa. “Nosso desejo é que estes líderes tenham uma vida que inspire. A escritora Ellen White, inclusive, os chama de ‘pastores locais’ pois são eles que cuidam do rebanho, atendem as pessoas, demonstram amor, estudam a Bíblia, pregam e coordenam as atividades desenvolvidas pela igreja”, detalha o pastor Levino Oliveira, Secretário Ministerial da Igreja para o Centro-Oeste do país.

Concílio de Ancionato

Mais de 400 líderes participaram do Concílio de Ancionato, que tinha como tema O Ancionato que Discipula. Convidado especial do evento, o pastor Everon Donato, Secretário Executivo e Ministerial da Igreja Adventista no Nordeste do Brasil, falou sobre a importância do ensino, do pastoreio e do envio, ênfases que também serão temas da Escola de Ancionato.

Mais de 400 líderes participaram do Concílio de Ancionato [Foto Marciélen Campos]

Segundo Donato, para Jesus o pastoreio era uma prioridade. “Mas, qual é a diferença entre a função pastoral e o ofício de pastor? O ofício de pastor não é para todos. É para alguém que recebeu um chamado específico e decidiu dedicar sua vida em tempo integral a Deus. Já a função pastoral tem a ver com o dom de pastorear, que é a habilidade especial que Deus concede a pessoas para assumirem a responsabilidade pessoal pelo bem-estar espiritual de um grupo de crentes”, explica. “Por isso, faz sentido afirmar que estes líderes são os principais responsáveis pelo cuidado pastoral de cada membro de seu grupo”, salienta.

Para Odete Lima, anciã da Igreja Bosque da Saúde, em Cuiabá, foi um final de semana de muito aprendizado. “É a primeira vez que participo de um programa assim. Foi muito importante para mim compreender a importância do legado e o impacto positivo que posso ter na vida das pessoas, se eu estiver cheia do Espírito Santo”, declara.

Centenário Associação Ministerial
Participantes celebraram em oração o centenário da Associação Ministerial [Foto Marciélen Campos]

A Associação Ministerial celebra 100 anos de história em 2022. Durante o concílio, o pastor Levino Oliveira fez menção ao centenário desta área que é responsável pelo cuidado dos pastores, anciãos, anciãs e diretores de grupos. A Associação Ministerial foi criada em 26 de maio de 1922, pelo pastor Arthur G. Daniells.