Notícias Adventistas

Motorista de aplicativo tem reencontro com Deus durante corrida na madrugada

Manoel havia perdido tudo: família, casa e até a esperança de viver.

Por Dayane do Nascimento 18 de outubro de 2019

Encontro inusitado durante seu trabalho como motorista de aplicativo deu a Manoel Messias (esquerda) uma resposta à sua oração  (Foto: Divulgação)

Manoel Messias não estava bem. Perdeu a família, a casa e até o desejo pela vida. “Fui casado por 25 anos, mas cometi erros que levaram ao divórcio”, conta. Depois de tentar um novo relacionamento que não deu certo, ele não tinha mais nem para onde ir e passou a dormir no carro que usa há sete meses para trabalhar como motorista de aplicativo em Cuiabá, capital do Mato Grosso.

Mas um dia Manoel conheceu Deus intimamente. “Fui ancião da Igreja Adventista que frequentei por mais de 15 anos. Porém, me afastei de Deus e de todos por vergonha dos erros que cometi”, amplia.

Leia também

Em uma noite de sábado, no dia 27 de julho deste ano, ele estava mais angustiado do que nunca. “Parei com o carro em um posto de gasolina para dormir, mas não conseguia. Comecei a lembrar da vida que tinha e perdi. Então, clamei ao Senhor por ajuda”, compartilha.

Muito aflito, às 20h43 ele postou em uma rede social a seguinte mensagem: “Amanhã tenho certeza que Deus me dará a vitória”.

Encontro providencial

Em outro canto da cidade, praticamente na mesma hora, Krysthyann Zeferino, pastor de um dos templos adventistas da cidade, também não estava no melhor de seus dias. A caminho de celebrar uma cerimônia de casamento, bateu o carro. E este era apenas o primeiro compromisso da noite. “Mais tarde, ainda participei de uma vigília na igreja. Quando acabou a programação, chamei um Uber para ir para casa. Várias pessoas me ofereceram carona naquela madrugada de domingo, mas recusei porque já havia chamado um Uber”, detalha o ministro.

A alguns quilômetros dali, após mais uma noite dormindo no carro, Manoel aceita a chamada da primeira corrida do dia, antes mesmo do despontar do sol. “Quando cheguei em frente à igreja adventista para pegar o passageiro, fiquei emocionado”, afirma.

“Para minha surpresa, o motorista andou algumas quadras, parou o carro e começou a chorar compulsivamente”, relembra o pastor. “Ouvi sua história, li a Bíblia com ele, oramos e o convidei a voltar para Jesus”.

Depois que finalizou a corrida e deixou o pastor Zeferino em casa, o condutor postou em sua rede social uma nova mensagem, que já tinha outro tom: “Ontem eu disse que hoje Deus me daria a vitória. Por incrível que possa parecer, tive um encontro com o próprio Deus. Obrigado, Senhor. Sua misericórdia se renova a cada manhã”.

Manoel durante seu batismo. (Foto: Divulgação)

Aquela noite de domingo, 28 de julho, foi bem diferente da anterior. Ele visitou um templo adventista e, com o pastor Zeferino, compartilhou a experiência vivida há apenas algumas horas.

Atualmente, ele está se reconciliando com a família. E no dia 12 de outubro selou sua reconciliação com Deus e foi batizado no templo do bairro Sete de Maio, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, o mesmo local que frequentou durante muito tempo. “Deus fez tudo para me reencontrar! Até mesmo permitir que o pastor batesse o carro naquela noite. Porque se ele não tivesse chamado um Uber e, assim, nos conhecêssemos, tenho certeza de que hoje não estaria contando esta história. Eu já tinha desistido da minha vida, mas Deus não!”, sublinha Manoel emocionado.

Veja a seguir as mensagens postadas por ele em uma rede social:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox