Notícias Adventistas

Livro encontrado em consultório odontológico trouxe esperança para homem angustiado

Enquanto aguardava ser atendido em um uma consulta periódica, Flávio José, encontrou em livro da esperança respostas a questionamentos sobre Deus e sua Palavra.

Por Gabriela Porto 29 de outubro de 2020

­

Livro “Tempo de Esperança” transformou vida de jovem e o inspirou a saber mais sobre Deus e o sábado. (Foto: Imagens da web)

Flávio José Viera de Souza, desde a infância frequentou igrejas de diversas denominações em uma comunidade de Alta Floresta, Mato Grosso. Apesar de participar de muitas atividades , o que Souza não esperava era se debater com tantos questionamentos sobre Deus e a sua Palavra.

O ano de 2011 terminou com muita tristeza e desilusão, ao ver o sonho de garoto desvanecer, sem rumo e angustiado, observava a fidelidade e confiança de seu irmão gêmeo ao ajoelhar e orar todos os dias antes de dormir.

“Eu queria ser jogador de futebol, nada estava dando certo. Observava a fé do meu irmão e isso provocava uma vontade de saber mais sobre Deus e o que ele queria de mim. Nós nos amávamos, então, tudo que era bom para meu irmão, era para mim também. Poucas orações ficaram gravadas em minha mente e coração como a que fiz no último mês daquele ano, perguntava para Deus o que Ele queria de mim e pedia para que Ele me mostrasse algo mais profundo que não conhecia, ansiava saber e entender”, conta Souza. 

“Perguntava para Deus o que Ele queria de mim e pedia para que Ele me mostrasse algo mais profundo que não conhecia, ansiava saber e entender”, conta Souza. (Foto: Arquivo pessoal)

O ano de 2012 era um ano místico com o tema do fim do mundo, noticiários propagava teorias apocalípticas que ganhavam forças ao misturar arqueologias, ciências e religião, com isso um número expansivo de pessoas se preparava para o juízo final. Mas para Souza, era uma nova oportunidade de mudança. Um novo emprego, uma vida nova.  Assim aconteceu ao sair de sua cidade encarou um novo emprego em um mercado, como repositor de mercadorias.

O entregador de mercadorias e o livro verde

Certa manhã, enquanto conversava com uma das funcionárias do local, em seu novo emprego, ele expressou sua indagação sobre Deus. Chegou disfarçadamente um homem que achou interessante o assunto, Aurélio Rodrigues, o entregador de mercadorias.

“Foi um representante do reino de Deus. Após toda conversa, ele me chamou e durante uma tarde debateu sobre os assuntos que eu tinha dúvidas. Fiquei impressionado com a facilidade de manusear textos bíblicos e com citações de um livro. Queria essa literatura. Sai do mercado inspirado a aprender mais sobre Deus e sua palavra.” menciona Souza ao lembrar da tarde de estudos.

Fui ao consultório odontológico e, enquanto esperava ser atendido, Souza alcançou um livro de capa verde, intitulado: “Tempo de Esperança – 24 horas para renovar suas energias”. e começou a ler, quando percebeu que suas respostas estavam sendo respondidas, ficou impressionado. Envergonhado não pediu o livro ao especialista que o atendeu, mas saiu convicto que precisava desse livro:

Marcos Augusto, foi um dos pioneiros da jornada espiritual de Souza e o ajudou a compreender verdades sobre Deus e o sábado. Atualmente, são amigos de ministério e trabalham como evangelistas. (Foto: Arquivo pessoal)

“Ah! se eu encontrasse esse livro, queria em minhas mãos por apenas um dia. Sai do consultório e fui conversar com um amigo, contei a ele o que aconteceu e propus para juntos, estudar e investigar mais sobre o tema a fim de refutar os Adventistas sobre o sábado. Para iniciar eu perguntei para ele se ele tinha algum livro que falasse sobe o sábado, então ele me trouxe tudo o que ele tinha e adivinha? Lá estava o livro falado pelo seu Aurélio e o que havia lido no consultório. Exclamei ‘Este é o livro que eu queria!’.  Eu me perguntava como ele tinha conseguido aquele livro precioso mas só depois eu soube que os adventistas distribuem anualmente livros gratuitos sobre a esperança.” Relatou Souza, empolgado ao relembrar da história. 

Sua caminhada espiritual começou no mesmo ano e agora o que era mistério passou a ser revelado em cada estudo. Aprofundou sua jornada de leitura com os materiais da Igreja Adventista do Sétimo Dia, outros temas acompanharam o sábado e mesmo relutante continuou os estudos se baseando no livro da capa verde.

Leia também:

Batismo

Mesmo não sendo adventista, Flávio José, aproveitava os tempos livres para ler os livros missionários e distribuir para amigos e conhecidos de uma escola rural. Isnaldo Lopes, era membro frequente da igreja e diretor da escola. Ao observar o comportamento e vendo que Souza andava com o livro da esperança debaixo do braço, chamou e o convidou para frequentar a igreja. Empolgado aceitou e no primeiro sábado foi apresentado ao Gilmar Perez, líder espiritual e responsável pelos estudos do rapaz. Ele não demorou para tomar sua decisão e antes de finalizar o curso desceu as águas batismais no dia quatorze de julho de dois mil e doze na Igreja Adventista do Sétimo Dia, assentamento São Pedro, município de Paranaíta, Mato Grosso.

Algumas semanas após a linda decisão de Souza, a família descobriu um tipo de câncer raro e agressivo em seu irmão, Fábio José.

“Meu irmão, ao me receber um certo dia no hospital, não derramou uma lágrima, apenas repetia: ‘Viste meu servo Jó?’ entendi que ele estava me confortando, naquele momento ele pediu para ser batizado, estava muito debilitado, quase impossível sair do hospital. Porém, sua insistência e convicção fez com que marcássemos a data”

Os Adventistas nessa época abraçaram a família do jovem.

“Eu percebia a cada dia que estava perdendo um pouco do meu irmão e em uma madrugada recebi a notícia do seu falecimento” contou Souza.

Mudanças, palavra que conduziu a vida de José no ano de 2012. Depois do falecimento de seu irmão, sua irmã Ana Paula decidiu pelo batismo e entregou sua vida a Cristo no dia em que era para Fábio se batizar. Em seguida, sua mãe, irmãos e primos, todos instruídos por Souza.

Foto da família de Flávio José, representada por sua esposa, Linda Carolina e o pequeno Fábio José, filho do casal. (Foto: Arquivo pessoal)

Em 2014, Flávio José ingressou no curso de teologia na Universidad Advenista da Bolivia, onde conheceu sua esposa, Linda Carolina Martinez Araya. Tiveram um filho e o chamaram de Fábio José, assim como era o nome do seu irmão. Atualmente, Souza é auxiliar do departamento de Evangelismo e dos interessados da Novo Tempo na região de Alta Floresta campo da Missão Oeste Mato Grossense (MisOM) e anteriormente trabalhou liderando a equipe de jovens missionários do “Um Ano em Missão” (OYIM), no mesmo campo.

Equipe de jovens missionários do projeto “Um Ano em Missão”(OYIM), liderado por Souza. (Foto: Arquivo pessoal)

“Hoje sou um missionário adventista, com amor pela mensagem e com sede de eternidade. Sempre gastarei tudo que tenho e sou para abreviar a volta de Jesus. E, através desses livros missionários, desejo levar um exército para a Canaã prometida, a nova Jerusalém” finalizou Souza.

 

Livro na íntegra:

Livro Tempo de Esperança – 24 horas para você renovar suas energias

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox