Notícias Adventistas

Ato com orações e louvores leva esperança a pacientes de hospital de Brasília

Momentos de fé e oração confortaram corações em meio ao desespero causado pelo novo coronavírus

Por Rafael Brondani 30 de março de 2021

Líderes adventistas realizam ato com orações e louvores para apoiar e homenagear pacientes e funcionários de hospital em Brasília. (Foto: Divulgação)

Líderes de Clubes de Aventureiros e Desbravadores (agremiações que incentivam o desenvolvimento físico, mental e espiritual de crianças e adolescentes), ambos pertencentes à Igreja Adventista do Sétimo Dia, se reuniram em frente ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília, no domingo, 28. Por meio de músicas, mensagens e orações, intercederam por pacientes, familiares e profissionais da saúde que lutam pela vida todos os dias.

O diretor dos Aventureiros e Desbravadores para Brasília e Entorno, Ivay Araujo, menciona que diante da crise epidemiológica que o mundo vive, fazer a diferença na vida de alguém sempre será um ato louvável. “Foi por isso que o nosso grupo se dispôs a dedicar algum tempo neste domingo, como uma das ações do projeto ‘Desbravador por um dia’, para ir até o hospital e fazer ali um ato simbólico de apoio aos enfermos, às suas famílias e aos profissionais de saúde”, explica Araujo.

Leia também:

Dezenas de líderes estiveram presentes, levaram quase 100 kits de equipamentos de proteção individual (EPIs) e fizeram uma corrente de oração na praça em frente à entrada principal do hospital, diante de várias janelas que se abriram para mostrar o rosto emocionado e as mãos que balançavam em sinônimo de fé e aceitação, que foi concluído com um “amém” dito por parte de pacientes e servidores.

“Missão cumprida! Foi maravilhoso ver a reação de todos os envolvidos e, especialmente, daqueles que careciam de uma oração ou palavra de esperança”, expressa Ivay.

Resposta ao consolo

Ao chegar na frente do edifício onde os pacientes internados estão alojados, a voluntária Késia Dantas notou que boa parte das janelas estavam fechadas. Aos poucos, enquanto o grupo cantava, as pessoas as abriam para ouvir. “Saudações calorosas eram dadas do alto do edifício, e nós, com muito carinho e respeito, retribuíamos enquanto cantávamos. Vivenciar essa experiência aqueceu meu coração com sentimentos de amor e compaixão!”, destaca Késia.

Atividades semelhantes aconteceram também em mais dois municípios de Goiás: Alvorada do Norte e Posse, que também tiveram os líderes de Desbravadores e Aventureiros fazendo essa manifestação de fé e solidariedade.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox