Notícias Adventistas

Bahia registra crescimento em números de interessados para estudar a Bíblia

Mais de 700 agentes Novo Tempo foram treinados para usar o chatbot Esperança ainda no mês de janeiro deste ano, antes da pandemia.

Por Pollyana Trindade 6 de agosto de 2020

Evangelizar utilizando os meios digitais já faz parte do “novo normal”. As redes sociais e demais recursos digitais estão cada vez mais ganhando força, principalmente agora neste período da pandemia. Isolados por conta do novo coranavírus, os cristãos se adequaram as novas ferramentas para continuar levando esperança as pessoas mesmo à distância.

Batismo da família de Keila.

A história de Keila Cavalcante, moradora da cidade de Irecê na Bahia, mostra um caminho de perdas e também de encontro com Deus. Keila durante anos frequentou com seus filhos diversas igrejas, sem poder contar com a companhia de seu esposo Marinaldo Pereira, que nunca se interessou em conhecer nenhuma denominação pois acreditava que algumas práticas eram incoerentes com a palavra de Deus. No ano de 2019 uma notícia triste abalou a família de Keila: a morte inesperada de seu primogênito, com apenas 19 anos de idade. Isso fez com que Marinaldo buscasse por uma resposta de Deus. Acessando a internet ele encontrou o chatbot da Escola Bíblica da Novo Tempo e resolveu estudar a Bíblia. E através de um programa apresentado pelo pastor Arilton Oliveira na internet, Marinaldo atendeu o apelo e tomou a decisão de se batizar no dia 25 de julho juntamente com sua esposa e o filho mais novo.

Leia também:

O Evangelho através dos meios digitais

 

Um método simples e funcional para dar estudos bíblicos por meio do WhatsApp foi desenvolvido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em parceria com a Escola Bíblica Digital da Novo Tempo para o evangelismo digital, mais conhecido como Chatbot Esperança. O estudo pode ser realizado através de robôs virtuais ou interação humana, neste segundo caso entra em ação os chamados agentes da Esperança.

 

Ainda em janeiro deste ano, antes da pandemia, cerca de 700 pessoas receberam treinamento na cidade de Salvador, BA, para estarem habilitadas a atuar como agente de esperança através dos estudos bíblicos via WhatsApp, e mesmo após o isolamento social foram realizados vários webinars para capacitar mais pessoas. Uma pesquisa feita pela TV Novo Tempo revelou a quantidade de alunos inscritos para estudar a Bíblia no estado da Bahia: o Estado está em segundo lugar em número de pessoas interessadas que procuraram o chatbot, com 2.497 alunos.

 

Segundo o coordenador da Escola Bíblica Digital da Novo Tempo para a grande Salvador, pastor Ismael Oliveira, “é importante acompanhar esses dados para que tenhamos um ótimo envolvimento de irmãos evangelizando com esses novos métodos aqui na Bahia. Como disse uma escritora norte-americana Ellen White: ‘Novos métodos precisam ser introduzidos. O povo de Deus tem que despertar para a necessidade da época em que vive. Deus tem pessoas que Ele chamará para seu serviço – pessoas que não farão o trabalho na maneira destituída de vida com que foi conduzido no passado’”, concluiu Ismael.

 

Atendimento Imediato

 

O diretor de Ação Missionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe, pastor Manoel Chaves, explicou que essa procura aumentou porque agora existe uma pessoa que faz o trabalho constante de promoção, treinamento e divulgação do chatbot Esperança, no caso o pastor Ismael Oliveira. “Nós temos muitos planos para o futuro, mas a prioridade é atender de imediato quem entra no WhatsApp solicitando estudos, e com isso ganhamos excelentes resultados. Assim que é feito o contato já encaminhamos ao pastor responsável para acompanhamento. Nossa meta é ter um número maior de pessoas que já estão estudando a bíblia pronta para se batizar no mês de setembro no batismo da primavera”, ele salienta.

 

Atualmente, existem cerca de 342 pessoas que já decidiram se batizar, fruto do programa Encontro da Novo Tempo, apresentado pelo pastor Gilson Brito. Segundo o pastor Manoel, “A procura por conteúdos bíblicos tem crescido nesta pandemia, as pessoas estão sentindo-se mais carentes e necessitadas de Deus, e por isso tantas decisões”, ele conta.

Veja mais fotos na galeria:

(Fotos dos treinamentos antes da pandemia)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox