Notícias Adventistas

Alunas do ensino médio apresentam pesquisa no maior evento científico do Brasil

Estudantes do Colégio Adventista do Recife analisaram hábitos alimentares e as implicações do consumo de carne na dieta do pernambucano.

Por Tiago Nascimento 24 de julho de 2019

Alunas apresentam pesquisa para comissão avaliadora. (Foto: Albert Andrade)

Alunas do Colégio Adventista do Recife apresentam pesquisa científica na reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O trabalho, exibido em forma de banner, é uma análise acerca da indústria da carne sob a perspectiva alimentar do pernambucano. O grupo foi o único formado por estudantes do ensino médio a concorrer com centenas de outros inscritos do ensino superior.

Durante a pesquisa, as alunas entrevistaram moradores do Estado em busca de descobrir seus hábitos alimentares, seu entendimento sobre vegetarianismo e as implicações do consumo de carne. “Nós tivemos pouco tempo para preparar o material e tivemos que realizar uma imersão das meninas no mundo acadêmico, algo que era novo para elas. Nós submetemos o trabalho, que foi avaliado quanto ao mérito científico, e recebemos a aprovação da participação”, ressalta o professor Guilherme Araújo, que orientou o grupo.

Leia também:

Além da apresentação, ele garante que foi um momento rico para as estudantes, pois também aprendem com outros cientistas de diversos países e participam de um evento acadêmico de alto nível.

Grupo recebeu notas consideradas excelentes em nove itens avaliados (Foto: Albert Andrade)

Os trabalhos são avaliados pelo corpo de jurados e recebem notas referentes a novas itens de apresentação. A equipe pernambucana recebeu nota 10 em sete itens e 9,5 nos demais. O resultado mostra, ressaltam os professores, a qualidade do material produzido e preparo adquirido ainda durante o ensino médio para a iniciação científica. É o que chamam de desempenho satisfatório aquele alcançado pelas alunas que trabalharam em parceria e foram acompanhadas de perto pelos docentes.

Desenvolvimento científico 

Para Albert Andrade, diretor do Colégio, “ter um artigo escrito por nossas alunas do ensino médio mostra que os estudantes têm aprendido sobre a importância da pesquisa acadêmica. É uma alegria para nossa Educação [Adventista] em Pernambuco. É um exemplo para nossos alunos e que servirá de estímulo para o desenvolvimento de novos artigos científicos.”

Hall de apresentação de banners científicos (Foto: Albert Andrade)

A feira é o maior evento científico do País e sua 71ª edição acontece entre os dias 21 e 27 de julho na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande. Anualmente, o encontro é sediado por um Estado diferente, normalmente em universidades públicas. Milhares de pessoas participam da feira, onde são realizadas diversas atividades, como conferências, mesas redondas, sessões de pôsteres, entre outras.

A SBPC, responsável pela realização da feira, é uma entidade sem fins lucrativos e trabalha pelo desenvolvimento da prática científica no Brasil. Participa de conselhos e comissões governamentais, além de reunir cientistas e profissionais de diversas partes do país.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox