Notícias Adventistas

Educação

Empresa de programação contrata aluno de Escola Adventista premiado em Olimpíada de Matemática

Lucas foi medalhista na Olimpíada Internacional de Matemática e seu desempenho chamou a atenção dos empresários da cidade catarinense


  • Share:

Aluno foi um dos destaque de evento internacional (Foto: Divulgação)

Lucas Gomes Mendes, estudante da Escola Adventista de Tubarão (EAT), no interior de Santa Catarina, foi um dos medalhistas da Olimpíada Internacional de Matemática neste ano. Ele e os outros premiados da unidade escolar foram, inclusive, recepcionados pelo próprio governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, no mês passado. E toda essa dedicação acadêmica e o suporte criado pela unidade escolar resultou em mais um fruto: uma oportunidade de emprego.

Uma empresa de programação da cidade descobriu Lucas pela imprensa local e desejou tê-lo como menor aprendiz. “A matemática que ensinamos na Escola é uma base para aplicações diversas no dia a dia do cidadão, inclusive na programação de sistemas. Todo esse raciocínio lógico e expertise, aplicados no concurso internacional chamam a atenção”, comenta o Douglas Antunes, professor de matemática da EAT.

Leia também:

A empolgação do estudante é evidenciada pelas palavras para nossa reportagem. “Quando fui convidado para conhecer a empresa, me senti empolgado, feliz e ansioso. Quero continuar sendo um estudante dedicado, continuar alcançando as melhores notas. No trabalho, quero ser um aprendiz diferente, quero ser exemplar, dedicado, aprender com vontade mesmo. Sem a Escola Adventista, não teria todo este conhecimento. Na Escola aprendi a ser determinado, organizado, respeitoso e disciplinado, além do conhecimento. São valores que vou levar para vida toda”, explica.

“Isso é muito gratificante porque nós queremos que os alunos tenham gosto pela matemática. Quando surge uma situação dessa, percebemos o resultado sendo colhido. Todo o esforço da Escola e conhecimento ensinado em sala de aula se torna reconhecido pelo mercado profissional”, acrescenta Antunes. “Parabéns ao Lucas e todos os nossos estudantes por serem dedicados nos estudos. Vale a pena estudar. O foco da Educação Adventista é esse: formar cidadãos preparados para a vida”, reforça a professora Daiane Pinheiro, diretora escolar do EAT.

Agora, o aluno aguarda o tempo permitido pelo Ministério do Trabalho para iniciar sua atividade como jovem aprendiz.