Notícias Adventistas

Feira de beleza oferece atendimento gratuito no Dia da Mulher

Mais de 100 mulheres foram beneficiadas com a ação social promovida pela Igreja Adventista no norte paulista. 

Por Vanessa Moraes  11 de março de 2020

Adventistas promoveram a I Feira da Moda e Beleza em Freguesia do Ó (Foto: Lourinaldo José da Silva).

No Brasil e em outras partes do mundo, as redes sociais amanheceram cheias de amor e carinho no último domingo, 8 de março, espalhando mensagens alusivas ao Dia Internacional da Mulher. Fotos, mensagens, vídeos e outros formatos de mídia foram compartilhados por milhões de pessoas em homenagem ao público feminino. Na Freguesia do Ó, região norte da capital paulista, os adventistas decidiram tornar esse dia ainda mais especial não somente com belas postagens na internet, mas por meio de ações que levantaram a autoestima das homenageadas.

Leia também:

A Casa de Cultura Municipal da Freguesia do Ó foi palco dessa iniciativa. A I Feira da Moda e Beleza, realizada pelos adventistas da região na tarde do último domingo, 8, atendeu mais de 100 mulheres. Elas foram beneficiadas  com  serviços  gratuitos, como limpeza de pele, massagens, apoio jurídico, apoio médico, odontológico e doação de roupas, calçados e bolsas. A ação também incluiu um espaço infantil com atividades lúdicas baseadas nos oito amiguinhos da saúde (reforçando os oito remédios naturais).

Durante os atendimentos, as beneficiadas ganharam uma cópia da lei Maria da Penha e um exemplar do livro “A Maior Esperança”, que será distribuído em massa pelos adventistas de oito países sul-americanos no dia 30 de maio, no projeto Impacto Esperança.

Trabalho em equipe

Maria Tereza Rodrigues, líder da Ação Solidária Adventista (ASA) da igreja local, foi a idealizadora da feira. Ela levou a ideia para outros líderes e contou com o apoio do Ministério da Mulher, Recepção, Ministério da Criança, Desbravadores, AventureirosCalebes, Escola SabatinaSaúde e Ministério Pessoal e o grupo musical Grão de Mostarda. Todo mundo se engajou para que a ação acontecesse. “A gente quis promover a valorização da mulher, obter informações de contato para convidá-las para nossos programas e projetos, conhecer as necessidades delas, evidenciar a presença da Igreja Adventista no bairro e promover o amor de Jesus por meio dos atendimentos gratuitos”, explica a líder.

Ao final da feira, Maria enxerga que todos os objetivos da ação foram alcançados. “Os moradores do bairro conheceram o amor de Deus, a subprefeitura e a coordenação de desenvolvimento local do município conheceram o trabalho social da Igreja Adventista”, complementa Maria.

Membros do Moto Clube Insanos participaram da ação e distribuíram flores às mulheres (Foto: Lourinaldo José da Silva).

Parceria

Após conhecerem o trabalho de ação social da Igreja Adventista, representantes do Moto Clube Insanos, uma fundação composta por motoqueiros que têm a missão de fazer o bem às pessoas por meio de atividades sociais, demonstraram interesse em participar da feira. Eles levaram roupas para serem doadas, disponibilizaram uma advogada para orientar as mulheres e entregaram um botão de rosa a cada uma delas. “Quando soubemos que haveria esse evento, essa parceria nos trouxe muito prazer. Essa somatória tem toda sintonia com as propostas da Igreja Adventista”, afirma Lair Lobo, membro do Moto Clube Insanos.

A aposentada Rozemira dos Santos, de 70 anos, é uma das beneficiadas pela ASA da Igreja Adventista de Freguesia do Ó. Ela participou da feira e além das roupas que levou para casa, também recebeu orientação jurídica com a advogada. “Sempre que têm essas reuniões, quando posso, vou. Tirei uma dúvida com a advogada, para mim foi ótimo o atendimento”, diz.

Maria Tereza (em pé, à esquerda da foto), idealizou a ação e envolveu os departamentos da igreja local (Foto: Lourinaldo José da Silva).

Valorização 

Para Maria Tereza, ver as mulheres saindo da feira com um sorriso estampado no rosto fez valer todo o esforço e dedicação. “Senti-me feliz, realizada e agradecida a Deus pela oportunidade de ser usada por Ele para atuar em ações que valorizam as pessoas, especialmente as mulheres, e por motivar a igreja a participar de ações como esta”, emociona-se.

Quem compartilha do sentimento de Maria é o pastor Everaldo Carlos, líder religioso local. De acordo com ele, a Igreja Adventista precisa se apresentar na comunidade através de ações como essa, a fim de cumprir a missão bíblica de salvação. “Acredito que essa feira apresentou uma nova realidade, uma preocupação da igreja em relação ao local onde está inserida. São mãos que ajudam, que servem, são pessoas dispostas a dar um passo à frente”, comenta.

Segundo a líder de mulheres adventistas para as regiões leste e norte de São Paulo, Marziane Guimarães, a feira foi uma iniciativa muito positiva. “O papel das mulheres nesse evento proporcionou alegria para outras mulheres, trabalhou o valor de cada uma e promoveu consciência da real beleza de cada mulher e o quanto ela é importante para Deus”, enfatiza.

Veja mais fotos da ação:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox