Notícias Adventistas

Simpósio internacional reafirma a identidade e a missão adventista

Mais de 15 mil líderes e servidores da Igreja acompanharam a programação em diversas regiões do Planeta

Por Vanessa Arba 5 de novembro de 2020

Programação online abordou temas-chave da teologia adventista (Foto: Reprodução)

“Identidade e missão” foi o tema do Simpósio Teológico Internacional, que contou com a participação virtual de mais de 15 mil pastores, líderes, anciãos e servidores da Igreja Adventista entre os dias 2 e 5 deste mês. Promovido pela Igreja Adventista na América do Sul, com o apoio da sede mundial da organização, o evento também foi acompanhado por participantes de países do Oriente Médio e norte da África (território conhecido como MENA), bem como de outras regiões do planeta.

Estudiosos de renome ministraram as palestras, abordando temas como teologia adventista, escatologia e dom profético, criacionismo, etc. O objetivo do programa foi reafirmar a identidade e a missão da Igreja de acordo com o seu papel profético. “Nesse mundo tão líquido, onde a falta de identidade afeta a maneira de liderar, de adorar e pregar, de educar as novas gerações, é muito importante ressaltar a nossa identidade, como Igreja; nossa teologia, nossa essência profética e o senso de missão que devemos ter”, aponta o pastor Lucas Alves, diretor da Associação Ministerial adventista em nível sul-americano.

Leia também:

O doutor Elias Brasil, que dirige o Instituto de Pesquisa Bíblica da sede mundial adventista e foi um dos palestrantes do simpósio, enxerga o evento como bastante oportuno para o contexto atual, já que “nunca antes a Igreja esteve tão sujeita aos desafios da cultura, com uma série de movimentos sociais e filosóficos batendo às suas portas e tentando influenciar ou distorcer a sua identidade”. Para ele, o grande – porém necessário – desafio é manter alinhada a visão missionária de uma Igreja tão grande e diversificada. “Somos mais de 20 milhões de membros no mundo, de diferentes culturas e línguas. Embora existam características distintivas em cada lugar, a missão de pregar o evangelho é uma só. Precisamos trabalhar juntos para que alcancemos os objetivos que que Deus colocou sobre a Sua Igreja”, considera.

O pastor Edwin Villca acompanhou a programação desde a província de Chaco, na Argentina, onde exerce o ministério. Para ele, a maior lição extraída e que merece ser amplamente compartilhada é a intercessão de Cristo no santuário celestial em favor da humanidade. “Isso me mostra que ainda há tempo de arrependimento e me motiva a compartilhar essa esperança da salvação com todos os que me rodeiam”, aponta.

Em breve, a programação do Simpósio estará disponível ao público pela Adventist Academy. Além disso, as palestras transcritas em português e espanhol poderão ser acessadas no portal do pastor.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox