Notícias Adventistas

Para respeitar distanciamento, mulher dá estudos bíblicos na porta das casas

No total, Mirian dá 48 estudos bíblicos, entre modo presencial e online. A história foi contada durante o treinamento online para mulheres evangelistas do sul da Bahia

Por Evellin Fagundes 7 de maio de 2021

“Quando não é possível entrar na casa da pessoa, fico em pé no passeio e estudo a Palavra com essas pessoas. Geralmente, elas ficam dentro [da casa] e eu fico, com minha dupla, do lado de fora”, descreveu Mirian. (foto: reprodução)

Dar 48 estudos bíblicos faz parte da rotina de Mirian Santos. Ela ainda acumula diversas funções na Igreja Adventista do Sétimo Dia do seu bairro, em Itabuna, sul da Bahia, como por exemplo, líder geral, diretora do Ministério da Mulher e evangelista.

Leia também:

Para dar tantos estudos bíblicos no mesmo período, Mirian conta que dos 48, 15 são em uma classe bíblica que funciona na igreja, aos sábados; 8 em uma classe online e os outros 25 são dados de forma presencial, nos lares. Nesta última modalidade, para garantir a segurança dela e de seus alunos de bíblia neste contexto de pandemia, Mirian encontrou uma alternativa: dar os estudos na porta. Isso mesmo, ao invés de entrar em algumas dessas casas, ela permanece na área externa, de onde compartilha as lições bíblicas. “Quando não é possível entrar na casa da pessoa, fico em pé no passeio e estudo a Palavra com essas pessoas. Geralmente, elas ficam dentro [da casa] e eu fico, com minha dupla, do lado de fora”, descreveu.

Sua história de dedicação à missão foi apresentada no treinamento para mulheres evangelistas do sul da Bahia, que aconteceu de forma online, na tarde do último domingo, 2 de maio. Mais de 250 aparelhos estavam conectados simultaneamente à live, que teve 3 horas de duração.

Quando perguntada sobre o por que de tanto empenho, Mirian respondeu com ênfase:

“O objetivo é porque eu quero ver o meu Jesus voltar! Se nós pregarmos, com certeza o nosso Jesus vai voltar em breve, mais rápido. Você evangelista, você mulher, necessita pregar as boas novas de salvação”, falou.

Alinhando o foco
A líder do Ministério da Mulher para a região sul da Bahia, Saionara Andrade, disse que o treinamento teve o objetivo de preparar as mulheres para o evangelismo que será feito em toda a América do Sul. No estado da Bahia e Sergipe, o programa terá como tema “Eu Vou” e acontecerá entre  29 de maio e 5 de julho.

Como convidados especiais e palestrantes, participaram destes momentos, a líder deste ministério para o território metropolitano de Salvador, Quelaine Sprotte, que citou características do apóstolo Paulo como referência sobre ser um evangelista segundo o coração de Deus; O líder de evangelismo para a América do Sul, pastor Luís Gonçalves, que iniciou sua fala relembrando o que aconteceu no dia de pentecostes e fez um apelo às evangelistas: “Em cada oração que vocês fizerem, que vocês peçam a Deus o poder do Espírito Santo, constantemente, para que, através desse poder da direção de Deus, nós possamos pregar  evangelho da maneira certa”, falou;

Marília Dantas, também participou da programação e contou a experiência de fé de sua família diante da doença de seu esposo e das oportunidades que teve de evangelizar no ambiente hospitalar. (Imagem: internet)

A líder do ministério a Mulher para os Estados da Bahia e Sergipe, Marília Dantas, também participou da programação e contou a experiência de fé de sua família diante da doença de seu esposo e das oportunidades que teve de evangelizar no ambiente hospitalar. “Não importa onde nós estamos, o que importa é falar de Jesus”, declarou. O pastor João Batista, que é líder de evangelismo para esta mesma região, e o pastor Ulisses Mendes, que atua nesta área no sul da Bahia, deram dicas práticas de como se preparar e proceder durante o evangelismo.

O programa também transmitiu ao vivo o batismo de um casal, diretamente da igreja da cidade de Ubatã e outro batismo no próprio estúdio. (Imagem: internet)

No espaço de bate-papo, as internautas expressaram alegria em participar do programa e da expectativa de atuarem como evangelistas. “Esse será o meu primeiro evangelismo e estou com um pouquinho de medo de não conseguir fazer direito. Mas confio que fui chamada por Deus e Ele me preparará”, disse Lucinalva. Enir Nascimento, já conhecida a região por sua dedicação no evangelismo, também comentou. “​Somos apenas instrumentos nas mãos do Espírito Santo de Deus. O querer é nosso, o realizar é Dele! Louvado seja Deus pelos dons que Ele nos concedeu! Amém!!!”, escreveu.

O programa também transmitiu ao vivo o batismo de um casal, diretamente da igreja da cidade de Ubatã e outro batismo no próprio estúdio.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox