Notícias Adventistas

Esperança na medicina divina

Ruth não podia ter filhos, mas Deus fez um milagre. Hoje, ela e o marido desfrutam da companhia de um bebê.

Por Vanessa Castro 15 de fevereiro de 2019


Ruth Bejarano, que vive em Quito, capital do Equador, é uma mulher que desde os 25 anos tem dedicado sua vida a aprender, servir e dar tudo o que está em suas mãos em favor dos outros, sempre confiando em Deus. No entanto, um dia sua fé foi provada e somente através da oração ela pôde enfrentar a situação.

“Eu me casei perto de completar 37 anos, com um bom homem cristão. Ao formar nossa casa, sempre esteve em nossos planos ser pais o mais rápido possível. Mas demorei dois anos e não consegui engravidar naturalmente. Foi aí que decidimos ir ao médico para fazer um diagnóstico”, lembra Ruth.

Ruth e sua família, que começa a crescer (Foto: Arquivo pessoal)

“Fomos recomendados a visitar os melhores especialistas de fertilidade da cidade e passamos por muitos testes e tratamentos, até que em 6 de agosto de 2017 saímos muito tristes de uma consulta porque o diagnóstico era de que eu não poderia ser mãe. Meu ovário não tinha óvulos”, destaca.

Leia também:

Ruth ficou arrasada. Seu sonho de ser mãe e ver seu lar crescer estava sendo destruído por essa resolução médica. “Nós não entendemos. Apenas oramos a Deus para nos dar um coração disposto a aceitar ter uma casa sem filhos. No dia seguinte, liguei para minha melhor amiga, que tinha o mesmo problema há 10 anos, e ela me disse para confiar em Deus, pois Ele faria um milagre. Daquele dia em diante, orei todas as manhãs e noites por um milagre, reivindiquei as promessas de Deus e decidi confiar nEle “, explica Ruth.

Os meses se passaram e ela não se sentiu bem. Além disso, percebeu um atraso menstrual. Então, decidiu fazer um teste de gravidez. “Minha grande surpresa foi que o resultado era positivo. Liguei para o ginecologista e ele me pediu para fazer um exame de sangue, que confirmou: eu estava grávida de sete semanas”, conta Ruth alegremente. “Minha oração foi respondida antes de chegarem a Deus. Agora estou convencida de que os tempos de Deus são perfeitos e nossa fé é fortalecida na fraqueza”.

Thiago brinca na sala de casa (Foto: Arquivo pessoal)

Thiago brinca na sala de casa (Foto: Arquivo pessoal)

Hoje Thiago Jair tem nove meses e é uma alegria em sua casa. Na verdade, ele é um milagre, como diz a mãe, que agora sonha em lhe dar um irmãozinho. Ela tem certeza de que há muitas mulheres que perderam a esperança de ter o que, para ela, é o melhor presente do céu. Porém, acredita firmemente que para “Deus não há impossíveis” e que “seja o que for que você pedir em oração, você receberá”.


Participe dos 10 Dias de Oração e 10 Horas de Jejum. O projeto acontece em oito países da América do Sul de 14 a 23 de fevereiro, e diariamente apresenta reflexões e motivos específicos de oração. Conheça mais detalhes em: adventistas.org/10dias

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox