Notícias Adventistas

Valdeci Júnior

Valdeci Júnior

Reavivamento e Reforma

A espiritualidade que leva à prática

Reavivados pela fé

A fé precisa ser exercitada dia a dia por meio da comunhão com Deus (Foto: Shutterstock)

O apóstolo Paulo escreveu que “a FÉ é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem” (Hebreus 11:1 NAA). Um grande exemplo de viver a prática desta FÉ pode ser visto na experiência de Jó. Mesmo quando ele se encontrava em sofrimento, após desgraças extremas, ainda pôde dizer: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra” (Jó 19:25).

Mas talvez você pergunte: “Para que e por que preciso ter FÉ? E como posso desenvolvê-la?”

Leia também:

Para que serve a FÉ?

Ela é necessária para nos aproximarmos do Pai, afinal, “sem FÉ é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que recompensa os que o buscam” (Hebreus 11:6). É por meio desta aproximação que nos tornamos “filhos de Deus”, e isto acontece “mediante a FÉ em Cristo Jesus” (Gálatas 3:26).

Além disso, quando pedimos uma bênção ao nosso Pai, uma das condições básicas para recebê-la é ter FÉ. “Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando, pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Que uma pessoa dessas não pense que alcançará do Senhor alguma coisa” (Tiago 1:6 e 7).

É também a FÉ que nos dá vitória sobre tentações, dúvidas, desejos carnais, desespero, provações, rebeliões, culpa, etc. “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que vence o mundo: a nossa FÉ” (1 João 5:4). Ela também nos capacita a defender-nos dos piores males, como afirma Paulo: “Segurando sempre o escudo da fé, com o qual poderão apagar todos os dardos inflamados do Maligno (Efésios 6:16). Sobre isto, note o seguinte comentário:

“Nos dias do Novo Testamento os dardos frequentemente eram feitos com estopa embebida em substância combustível e então acesos, de modo que os escudos de madeira necessitavam de uma cobertura de couro a fim de extinguir o fogo rapidamente. Paulo sabia que ‘as ciladas do diabo’ incluíam esses dardos inflamados, a saber, as línguas dos homens que agem como flechas, as setas de impureza, egoísmo, dúvida, medo, desapontamento, que são planejadas pelo inimigo com o intuito de queimar e destruir. O apóstolo sabia que somente a dependência de FÉ em Deus podia debelar e anular o efeito de tais armas, sempre que fossem atiradas no cristão”.[1]

Mas, dentre todas as finalidades da FÉ, a maior delas é “a salvação da alma” (1 Pedro 1:9). “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

Por que ter FÉ?

Podemos listar a razão pela qual precisamos ter FÉ da seguinte forma:

1) Porque é uma necessidade básica do ser humano. Como o próprio Jesus disse, “os sãos não precisam de médico, e sim os doentes” (Mateus 9:12). Como todos sofremos com a doença do pecado, necessitamos da cura, mediante a fé.

2) Porque “tudo o que não provém de FÉ é pecado” (Romanos 14:23).

3) Porque “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23).

4) Porque precisamos ser salvos do pecado. Paulo afirmou: “Miserável homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte? Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor! De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas, segundo a carne, sou escravo da lei do pecado” (Romanos 7:24 e 25). “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossas transgressões, nos deu vida juntamente com Cristo” (Efésios 2:4 e 5).

5) Porque é o único meio para alcançar a graça da salvação. “Justificados, pois, mediante a FÉ, temos paz com Deus por meio do nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual obtivemos também acesso, pela FÉ, a esta graça na qual estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus” (Romanos 5:1 e 2). “Porque pela graça vocês são salvos, mediante a fé; e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8 e 9).

Eis a maior necessidade do ser humano: ser salvo em Jesus e alcançar a vida eterna. Acreditar nisto é um ato de FÉ. Ela é a confiança em Deus, ou seja, a crença de que Ele nos ama e sabe perfeitamente o que é melhor para nós.

Como desenvolver a FÉ?

O principal meio de adquirirmos FÉ é estudando a Palavra de Deus. “A FÉ vem pelo ouvir, e o ouvir, pela palavra de Cristo” (Romanos 10:17). Quer ter muita FÉ? Saiba que você a terá na medida proporcional ao quanto você estuda a Bíblia.

A Bíblia também ensina que, quando procuramos fazer a vontade de Deus, a nossa FÉ aumenta. “Você percebe que a fé operava juntamente com as suas obras e que foi pelas obras que a fé se consumou” (Tiago 2:22).

Desafio

Conta-se que um malabarista chamou a atenção de um grande público ao conseguir atravessar uma incrível distância caminhando sobre uma corda a uma altura mortal. Para aumentar o entusiasmo de sua plateia, ele perguntou se alguém ali acreditava que ele poderia atravessar novamente, desta vez empurrando um carrinho de mão. Empolgados, todos gritavam: “Nós acreditamos! Você consegue!” Valorizando a confiança depositada pelos espectadores, o malabarista encarou o desafio e venceu. Então, ele perguntou se alguém acreditava que ele poderia atravessar carregando, no carrinho, uma pessoa. Uma senhora, fazendo alarde de sua FÉ, gritou: “Não tenho dúvida! Você consegue! Vá em frente!” Olhando para ela, o artista falou: “Se a senhora crê que consigo, entre no carrinho!”

Jesus te desafia a crer para receber a salvação. Para isso, é preciso dar ouvidos à Sua Palavra. É aprendendo sobre a Bíblia que você “entra no carrinho”. Estude a Bíblia, a começar por Hebreus 11 e 12, e entre para a lista destes heróis da fé como alguém de quem o mundo “não é digno” (Hebreus 11:38).


Referências

[1] FOULKES, Francis. Efésios: Introdução e Comentário. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 1963, p. 145.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox