Notícias Adventistas

Hildemar Santos

Hildemar Santos

Saúde e Espiritualidade

Como prevenir doenças e ter uma vida saudável.

A prevenção do câncer de mama começa na infância

Uma alimentação saudável pode ajudar a prevenir o surgimento do câncer de mama (Foto: Shutterstock)

Na verdade, a prevenção começa mesmo antes da gravidez. Sim, porque se a futura mãe não prestar atenção no seu estilo de vida, principalmente na sua alimentação e exercício, e aumentar o seu peso, isso afetará o feto durante a gravidez. Assim, se o bebê nascer com excesso de peso, ele terá um risco aumentado de doenças em sua vida, e se for “a” bebê, ela terá um risco excessivo de câncer de mama.

E mais. Se durante a infância essa criança for influenciada pela alimentação rica em calorias vazias, com excesso de açúcar, gorduras e alimentos refinados e processados, o risco de câncer de mama vai estar ainda mais aumentado. Um dos fatores que predispõe ao câncer é o crescimento exagerado da criança. Ou seja, mulheres mais altas têm maior risco. Para explicá-lo, os pesquisadores se referem ao estilo de vida que essas crianças tiveram em sua infância, principalmente devido a uma dieta elevada de calorias vazias e pouca atividade física.

Leia também:

Por alguns anos, tenho observado clinicamente que as crianças vegetarianas têm um crescimento mais lento do que as não vegetarianas. Provavelmente isso se deve ao excesso de calorias e proteínas que as não vegetarianas consomem. Isso tem sido uma preocupação para os médicos, que muitas vezes acusam a dieta vegetariana de ser problemática para o crescimento ideal. Porém, as evidências modernas indicam o contrário: o crescimento rápido que ocorre em muitas crianças com dietas ricas em calorias vazias e proteínas é, na verdade, um envelhecimento precoce e um fator na produção de cânceres, neste caso, do câncer da mama, com certeza.

Um dos mecanismos para explicar o aumento no risco do câncer de mama é o início precoce da menstruação. No princípio do século XX, as meninas iniciavam sua menstruação entre os 17 e 18 anos. Hoje, ocorre entre os 12 e 13 anos – e em alguns casos, bem antes. Uma alimentação rica em gorduras e um peso aumentado na infância pode ser a causa dessa menstruação precoce. Quando a menstruação inicia precocemente, haverá maior exposição ao hormônio estrogênio e essa exposição aumenta o risco de câncer de mama, ovário e útero.

Cuidado redobrado com o corpo

O exercício, ou a falta do mesmo, tem efeito semelhante. Quando a mulher se exercita demais, como no caso das atletas olímpicas, podem ocorrer períodos menstruais mais prolongados e mesmo a parada total da menstruação. Assim, o exercício vai “queimar” as possíveis calorias em excesso e prevenir a produção precoce do estrogênio que é fabricado a partir das gorduras.

Apesar de termos uma estatística de que o excesso de peso previne o câncer da mama, que ocorre antes da menopausa, por outro lado o excesso de peso aumenta o câncer de mama depois da menopausa. O assunto é controvertido porque, na verdade, se a mulher tem excesso de peso antes da menopausa, vai ser muito difícil controlá-lo depois da mesma.

Minha experiência clínica tem demonstrado que as pacientes que mais tem dificuldade em perder peso são as mulheres com idade pós-menopausa. Portanto, não vale a pena ganhar peso na infância ou em qualquer período pré-menopausa. Além do mais, o excesso de peso em qualquer idade aumenta o risco de outras doenças e de outros cânceres.

De qualquer forma, o efeito do estrogênio é mais importante. Assim, os pais deveriam orientar devidamente suas filhas a adotar um estilo de vida saudável com exercício diário e uma dieta rica em frutas e verduras frescas, grãos integrais e feijões, e pobre em gorduras, carnes, frituras, cereais refinados e outros alimentos que combinam os mesmos.

E aqui está a melhor estratégia para prevenir o câncer de mama, o qual é o mais frequente entre as mulheres – são 2 milhões de casos anualmente – e uma das maiores causas de morte no mundo – mais de 500 mil por ano: mudar o conceito de que uma criança que cresce rápido é mais saudável.  Porque, na verdade, esse crescimento rápido nada mais é do que um envelhecimento rápido que vai produzir mais doenças no futuro – e um futuro mais breve.

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e mesmo quando for velho não se desviará dele!  (Provérbios 22:6).

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox