Notícias Adventistas

Adolfo Suárez

Adolfo Suárez

Ouvindo a voz de Deus

Reflexões sobre teologia e dom profético

Sondando o Insondável

Por que é importante entender teologia? O artigo em questão explica razões para isso. (Foto: Shutterstock)

“De médico e louco todo mundo tem um pouco”.

É bem provável que você já tenha ouvido este ditado popular, o qual indica que as pessoas têm seu lado sensato (médico) e impulsivo (louco). Também pode significar que todo mundo tem uma receita caseira para determinada doença, e todos podem surpreender com comportamentos fora do normal.

Leia também:

Permitam-me modificar o ditado: “De médico, teólogo e louco todo mundo tem um pouco”. Sim: as pessoas têm posicionamentos claros sobre religião, fé, perdão, espiritualidade, salvação, igreja, vida eterna, oração, Deus, etc., ainda que nunca tenham estudado esses assuntos com profundidade.

E por que isso acontece? Porque essas temáticas estão no dia a dia de cada cidadão, por isso é necessário ter um posicionamento teológico. Dessa maneira, interpretamos melhor os acontecimentos ao nosso redor. Assim, de certa forma, todos nós praticamos teologia. E se a teologia é parte de nossa vida, é necessário entender seu significado e importância.

O que é teologia?

De modo simples, a teologia pode ser compreendida como o estudo e a ciência de/sobre Deus.[1] De modo mais profundo, pode ser entendida como “a disciplina que procura afirmar, de modo coerente, as doutrinas da fé cristã, fundamentada principalmente nas Escrituras, situada no contexto da cultura em geral, verbalizada numa linguagem atual e relacionada com as questões da vida”.[2]

No parágrafo acima há cinco aspectos relacionados à Teologia que precisam ser bem corretamente compreendidos: (1) estuda as doutrinas cristãs, (2) fundamenta-se na Bíblia Sagrada, (3) considera a cultura, (4) utiliza-se de linguagem compreensível e (5) tem a ver com a vida prática.

Importância da teologia

Os cinco aspectos apontados anteriormente indicam que a teologia é uma ciência muito importante, não apenas para os teólogos profissionais, pastores e líderes religiosos. É necessária, também, para cada pessoa que deseja ter uma perspectiva clara dos fenômenos que observamos e nos quais estamos inseridos. Ao longo das próximas semanas voltaremos a esses cinco itens em outros artigos que você poderá ler neste espaço, portanto fique atento.

Talvez por sua abrangência e sua contribuição para a compreensão da vida é que, até tempos recentes, a teologia era considerada a rainha das ciências.[3] Ao que parece, a teologia perdeu esse posto nas últimas décadas, mas sua importância permanece inalterada:

1.Para estudar as doutrinas cristãs, que sustentam nossa identidade, precisamos da Teologia;

2.Para compreender corretamente a Bíblia Sagrada, a fonte para o conhecimento correto de Deus, precisamos da Teologia;

3.Para entender a cultura, na qual vivemos nossa fé, precisamos da Teologia;

4.Para usar linguagem compreensível a fim de evangelizar o mundo, precisamos da Teologia;

5. Para ter uma vida prática consistente, de acordo com a vontade de Deus, precisamos da Teologia.

É verdade que a teologia nos coloca em terreno sagrado, pois é o estudo e a ciência de/sobre Deus, e isso é como sondar o Insondável. Entretanto, Ele se revelou a nós, e nos dá o privilégio de conhecê-Lo, bem como estudar o mundo com a Sua perspectiva. Aproveitemos essa oportunidade!


Referências:

[1] Millard J. Erickson. Teologia Sistemática. São Paulo: Vida Nova, 2015, p. 22.

[2] Millard J. Erickson. Teologia Sistemática. São Paulo: Vida Nova, 2015, p. 22.

[3] Norman R. Gulley. Systematic Theology: Prolegomena. Berrien Springs, MI: Andrews University Press, 2003, p. 149.

WordPress Image Lightbox