Notícias Adventistas

Voluntários norte-americanos constroem igrejas na Bahia

Grupo formado por 60 pessoas integra a organização Maranatha Volunteers Internacional.

7 de fevereiro de 2014
Grupo-de-voluntarios-norte-americanos-constroi-igrejas-na-Bahia3

Voluntários ergueram estruturas de duas igrejas na Bahia

Dias D’ Ávila, Bahia… [ASN] Um grupo de voluntários visitou o Estado da Bahia na última quinzena do mês de janeiro. A equipe, formada por 60 pessoas, a maioria com mais de 50 anos, deixou pronta a estrutura básica de dois templos que estão em uso por membros e amigos nas comunidades de Amado Bahia e Jardim Garcia, em Dias D’ Ávila.

Os voluntários fazem parte da Maranatha Volunteers Internacional, organização sem fins lucrativos que há 40 anos é um ministério de apoio à Igreja Adventista do Sétimo Dia na construção de igrejas e escolas. Elas são realizadas com recursos dos próprios integrantes, que também colocam a “mão na massa” para garantir que em um curto espaço de tempo comunidades sem presença adventista tenham local para a adoração a Deus.

Para a diretora da Maranatha Volunteers Internacional, Karen Godfrey, o grupo demonstrou muita alegria durante todo o tempo e leva um bonito referencial de como aguardar a volta de Jesus. “Realmente todos estão contentes por estar aqui. O Brasil é lindo, mas o que levamos de mais importante daqui é o relacionamento que construímos com as pessoas que conhecemos durante o projeto”, explica Karen, que há 25 anos lidera os mais variados grupos de voluntários. “Estamos maravilhados com o entusiasmo dos novos amigos em relação à volta de Jesus e ficamos encantados com o anseio que eles têm em seus corações em ver Jesus voltar. Isso é realmente maravilhoso.”

Troca de experiências

Durante o período que esteve no Brasil, a equipe acompanhou o serviço missionário conduzido por um grupo de Calebes junto à comunidade de Amado Bahia. A programação realizada no entardecer de cada dia proporcionou ao grupo uma relação mais pessoal com amigos da localidade e os jovens do projeto. A união das duas iniciativas permitiu que os novos integrantes da Igreja Adventista tenham um templo para o estudo da Bíblia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para o líder geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia na grande Salvador, pastor José Wilson, “é evidente que o Espírito Santo moveu o coração destes voluntários dos Estados Unidos e nosso desejo é que eles voltem. Os desafios aqui são muitos e sem dúvida contar com o apoio e comprometimento deles é motivo de gratidão”, comenta.

Um dos coordenadores do projeto para o Nordeste, Filipe Ferro, que acompanhou os dias de atividades dos voluntários, considera a iniciativa uma lição de humildade e determinação. “É bonito você observar uma igreja começar do nada e pelas mãos de pessoas já com idade avançada, mas com uma determinação incrível. Eles nos deixam uma verdadeira lição de humildade ao utilizarem tempo e recursos para proporcionar a outras pessoas, que pouco conhecem, um local agradável para adorar a Deus”, afirma.

Teresa Couch, uma das integrantes do grupo, viu no voluntariado dos pais, que foram missionários no Brasil por 10 anos, um exemplo a seguir. Hoje, também incentiva a participação do filho de oito anos nas atividades e projetos da Maranatha Volunteers Internacional. [Equipe ASN, Ionara Wichinheski]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox