Notícias Adventistas

Atendimento psicológico gratuito ajuda a salvar vidas na pandemia

Sessões são realizadas online e seguem todas as diretrizes dos Conselhos de psicologia. (Foto: Shutterstock)

Mesmo com as agendas abarrotadas, centenas de psicólogos estão separando um tempo a cada dia para acolher de forma gratuita a pessoas em situação de crise emocional gerada pela pandemia. O projeto Ouvido Amigo está em vigor desde abril em oito países, incluindo o Brasil, e hoje já soma mais de 34 mil pessoas atendidas pelos 827 profissionais cadastrados.

O programa funciona como uma ponte entre as pessoas em crise e os voluntários capacitados. Não se trata de um tratamento psicológico, mas de um acolhimento e apoio emergencial, em que o psicólogo compartilha com o paciente estratégias cognitivas e comportamentais para diminuir a ansiedade. Os atendimentos são feitos via plataformas online, que variam de acordo com a região, e são regidos pela ética e normas dos respectivos Conselhos dos profissionais.

Solidão, incerteza e desesperança diante do contexto atual são algumas das demandas mais recorrentes nos atendimentos. A gratuidade do serviço tem proporcionado o alcance de pessoas financeiramente vulneráveis, muitas das quais atravessam uma crise tal a ponto de cogitarem ou tentarem o suicídio, segundo relatos de profissionais voluntários no programa.

Conheça o projeto: ouvidoamigo.com.br/

 

Assessoria

Vanessa Arba / (61)981513122 / imprensa@adventistas.org


Comentários

WordPress Image Lightbox