Notícias Adventistas

Projeto envolve mulheres no evangelismo na Grande Belém

Cerca de 300 participantes decidiram levar outras pessoas ao batismo.

19 de março de 2014
Projeto-envolve-mulheres-no-evangelismo-na-Grande-Belem

Encontro reuniu cerca de 300 mulheres que se envolverão em atividades missionárias ao longo do ano

Belém, PA… [ASN] A aposentada Telma dos Santos foi uma das 300 mulheres que participaram do Encontro do Ministério da Mulher na cidade de Belém, no Pará, no dia 16 de março.  O objetivo do evento foi treiná-las para se dividirem em duplas missionárias e trabalharem em prol de uma colheita de batismos prevista no mês de junho através do projeto Mulheres Evangelizadoras Levando Luz (MEL), promovido pela Associação Norte do Pará (ANPa), sede administrativa da Igreja Adventista para o Norte do Estado.

O envolvimento de Telma com iniciativas missionárias, no entanto, começou há alguns anos. Durantes meses internada, os médicos não haviam descoberto o problema de saúde que ela enfrentava. Até que aos 54 anos foi diagnosticada com câncer maligno. Devido à demora em descobrir a doença, e já com a idade avançada, o câncer já estava com nove centímetros e, infelizmente, os médicos não podiam fazer mais nada por ela.

Leia também:

A operação, segundo os médicos, poderia ser feita, mas com risco de morte. Por isso, só iriam operar se ela se responsabilizasse. Foi então que a fé falou mais alto. “Eu não posso me responsabilizar, mas eu tenho uma pessoa que se responsabiliza não só por mim, mas também por você”, disse a aposentada ela ao conversar com o médico.

Compromisso com Deus

Projeto-envolve-mulheres-no-evangelismo-na-Grande-Belem2

Anualmente, a aposentada Telma dos Santos, de 63 anos, conduz uma média de 10 pessoas ao batismo

No corredor, a caminho da sala de operação, todos fixavam seus olhares e ouvidos ao ver Telma cantando, como se nada de ruim tivesse acontecendo. “Eu confio no Senhor. Ele é o dono da prata, do ouro e do universo. Se eu não escapar da morte, prepara a tua serva e leve-me. Mas seu eu sair daqui viva, pra onde tu me mandares para falar do teu amor, irei”, prometeu em sua oração.

Hoje, aos 63 anos, Telma está curada, feliz por testemunhar do milagre que Deus fez em sua vida. Participante assídua do projeto MEL, desde que foi operada, anualmente conduz cerca de 10 pessoas ao batismo e trabalha em dois pequenos grupos.

“Pra levar alma para Cristo é preciso muita consagração e entrega total, principalmente nas madrugadas com Deus.  Devemos esquecer um pouco de nossas preocupações pessoais e entrar no campo missionário com coragem por que o resto Deus é quem faz”, aconselha.

Todas foram motivadas primeiramente a serem mulheres inteiramente nas mãos de Deus, tornando-se assim aptas a “levar luz” às pessoas que vivem na escuridão do pecado. [Equipe ASN, Jackson França]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox