Notícias Adventistas

Projeto de Missão Global alcança bairro nobre em Manaus

Trabalho foi realizado no Conjunto Jardim Petrópolis.


  • Share:

Manaus - AM...[ASN] Alcançar as grandes cidades com a mensagem de salvação tem sido o grande objetivo do Projeto de Missão Global promovido por todas as Igrejas Adventistas da América do Sul e na região central do Amazonas não é diferente.

Em toda região há uma grande mobilização para inserir a mensagem adventista em lugares nunca antes penetrados, tanto pela liderança do Campo, como pelos membros da igreja. Um exemplo disso foi o intenso trabalho realizado no Conjunto Jardim Petrópolis, para estabelecimento de uma igreja adventista num conjunto habitacional, considerado área nobre da capital amazonense.

Segundo o pastor local, Moisés Seixas, que esteve na linha de frente da obra missionária, o trabalho de evangelização no lugar só obteve sucesso devido a dedicação à oração. “Foi após muita preparação que Deus mostrou onde seria realizado o trabalho.” Com o apoio incondicional da administração do campo, tudo foi providenciado em tempo hábil para o início do evangelismo’, afirma o pastor Moisés.

Uma série de serviços e atendimentos, realizados por médicos, psicólogos, fisioterapeutas, advogados, dentistas, cabeleireiros, prepararam o caminho para a pregação do evangelho. Em seguida, a comunidade de Jardim Petrópolis, foi impactada com 28 noites e envolvimento massivo dos CALEBES universitários, sob a liderança da presidente da Sociedade dos Universitários Adventistas de Manaus (SUAMA), Tatiane Silva.

De acordo com a Tatiane, ao final da programação de evangelismo, 14 pessoas decidiram batizar-se e aproximadamente 8 pessoas ainda preparam-se para o próximo batismo. Após o evangelismo, foram iniciadas as atividades com os pequenos grupos nos lares dos novos convertidos.

O grupo, que já foi organizado pela mesa diretiva do campo, hoje conta com uma liderança bem madura. “Somos gratos a Deus pelo privilégio de podermos falar do seu amor! Somos gratos à administração do campo por suprir nossas necessidades e por nos dar a oportunidade de “sonhar”, exulta o pastor do região, Moisés Seixas. [Equipe ASN, Rosângela França]