Notícias Adventistas

Projeto de discipulado de crianças e adolescentes é lançado no Nordeste

Iniciativa procura incentivar pais e filhos a ter um contato diário com Deus, vivendo um cristianismo prático.

10 de julho de 2014
Capacitação preparou líderes para desenvolver o projeto em seus Estados

Capacitação preparou líderes para desenvolver o projeto em seus Estados

Gravatá, PE… [ASN] A partir deste ano, a Igreja Adventista em seis Estados da região Nordeste, de Alagoas ao Piauí (União Nordeste Brasileira), implanta um projeto que tem o objetivo de motivar os pais a se dedicarem ao desenvolvimento espiritual dos filhos. O Projeto Pegadas, como é chamado, começou em 2011, nos Estados Unidos. O lançamento da iniciativa para os líderes locais ocorreu no sábado, 5 de julho, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O evento foi voltado para voluntários que atuam como diretores dos ministérios da Criança, do Adolescente, da Família e de Evangelismo nas congregações adventistas.

O objetivo do Projeto Pegadas é incentivar o discipulado, ou seja, motivar pais e filhos a aplicarem os ensinamentos cristãos em seu dia a dia. De acordo com a líder dos ministérios da Criança e do Adolescente para a América do Sul (Divisão Sul-Americana), Graciela Hein, os pais serão os primeiros a passar pelo discipulado. “O objetivo é incentivá-los para que tenham um contato com Deus a cada dia e vivam o cristianismo prático. Então, através de três meses de reuniões, eles poderão crescer na relação com Deus e também com os filhos”, explica Graciela.

Leia também:

O próximo passo para os líderes que participaram da capacitação será organizar o projeto em suas cidades. “Os seis Estados terão o seu protótipo e assim vão multiplicar esses pequenos grupos que passarão a estudar esse conteúdo e alcançar essas crianças para serem discípulos de Jesus”, enfatiza a professora Rosário Costa, líder dos ministérios da Criança e do Adolescente para seis Estados do Nordeste.

Iniciativa deu certo em outros lugares

Um protótipo do Projeto Pegadas foi desenvolvido na igreja do bairro da Várzea, em Recife, entre 2012 e 2013. A experiência foi relatada durante a capacitação para os líderes, em Gravatá. Segundo o pastor Otávio Barreto, responsável por igrejas adventistas da região, a iniciativa ocorreu em três etapas. A primeira conscientizou os fiéis sobre a importância do projeto a partir de estratégias de divulgação, que envolveram desde a recepção dos fiéis na igreja, até os sermões compartilhados no púlpito da congregação. Na segunda fase, os pais participaram de reuniões semelhantes às dos Pequenos Grupos e receberam orientações sobre a importância do discipulado das crianças e adolescentes. Na terceira etapa, as reuniões ocorreram com a presença dos filhos. Na ocasião foram estudadas lições relacionadas ao tema.

De acordo com o pastor Barreto, na atualidade os pais têm atribuído apenas à Igreja a função de discipular as crianças e os adolescentes. “Nós percebemos que hoje os pais têm, em grande maioria, terceirizado o trabalho de discipulado dos filhos, mas nós acreditamos que o principal lugar em que os filhos têm que ser orientados é em casa. Então conscientizamos a igreja e alcançamos este objetivo”, enfatiza o pastor Barreto. [Equipe ASN, Fernanda Beatriz]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox