Notícias Adventistas

Projeto Coração une pessoas na Quinta da Boa Vista

40 pessoas participaram do projeto 'Coração' na Quinta da Boa Vista

10 de março de 2014
Projeto Coração Santa Cruz

Jovens realizam culto evangelístico na Quinta da Boa Vista, RJ

No final de fevereiro além dos acampamentos feitos pelas igrejas, passeios evangelísticos também aconteceram. Cerca de 40 pessoas da Igreja Adventista de Santa Cruz participaram do projeto ‘Coração’ na Quinta da Boa Vista, Parque Municipal do Rio.

O projeto Coração foi uma ideia da líder jovem da Igreja Adventista de Santa Cruz, Renata Lima. Ela assumiu o departamento neste ano e queria aumentar o vínculo entre as pessoas da igreja. “A igreja passa por um momento em que muitas vezes se vive a expressão ‘cada um por si e Deus por todos’. Pensando em mudar esta realidade em Santa Cruz, escolhemos uma data e envolvemos a juventude e toda a igreja num passeio evangelístico”, completou Renata. O tema do projeto foi adaptado com o tema jovem deste ano “Um Coração Jovem”, passando a significar ‘Coração de muita oração e ação’.

A proposta foi bem recebida por todos e boa parte da igreja compareceu ao passeio. No local, foi realizado o culto com músicas e mensagens, distribuição de literaturas e por fim, lazer que o local oferece.

‘Para minha surpresa, no momento do lazer, achei que todos fossem se disperçar pelo parque, mas todos continuaram juntos e foi assim até o final do passeio. Fiquei muito feliz pela união e felicidade que nos cercou, foi sensacional!’, comentou Adriana Santos, líder jovem associada na IASD de Santa Cruz.

Lucia Finamore, membro da IASD de Santa Cruz relatou que ‘foi um belo incentivo que uniu membros e convidados, espero que muitos outros passeios como este aconteçam durante o ano’. Uma família não adventista participou do passeio e ficou tão à vontade que expressou o desejo de participar do próximo. Eles ajudaram a distribuir a literatura, testemunhando como se fossem adventistas. Membros de outra denominação que também estavam no parque com seus materiais, aceitaram fazer troca dos mesmos, apesar da advertência feita por seus supervisores.

Quando alguém do grupo encontrava alguma literatura deixada em bancos ou mesmo no chão, o sentimento era ‘esta mensagem não era para esta pessoa e como folhas de outono, ela chegará na mão certa e alcançará o coração que está pronto a receber esta mensagem. Nossa parte foi feita’, disse Felipe Guilherme, membro da mesma igreja.

Projeto Coração Santa CruzO sentimento unânime do grupo foi o verso 1 do Salmo 133, que diz: “Como é bom e agradável viverem unidos os imãos!”.

[Equipe ASN, Colaboração de Adriana Santos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox