Notícias Adventistas

Segurança de dados é prioridade para adventistas

Igreja votou novo documento a respeito da proteção e segurança dos dados geridos pela Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul.

Por Felipe Lemos 21 de maio de 2019

A temática relacionada à segurança de dados preocupa corporações e usuários finais também. (Foto: Shutterstock)

Roubo de dados é assunto sério e que preocupa organizações no planeta inteiro. De acordo com o Relatório Anual sobre Crimes na Internet do FBI (Polícia Federal norte-americana), em 2018 o crime cibernético custou às empresas um total coletivo de US $ 2,7 bilhões. Foram apuradas mais de 20 mil reclamações de organizações, que vão desde comprometimento do e-mail comercial até furtos de credenciais para facilitar transferência fraudulenta de fundos.

Leia também:

Por isso, a Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul votou um documento para proteção em relação ao assunto. Os líderes adventistas aprovaram o Política de acesso, de uso e de divulgação dos dados controlados pela Igreja Adventista do Sétimo Dia na Divisão Sul-Americana. Na fundamentação, fica claro, por exemplo, que a coleta e análise de dados são atividades fundamentais para a Igreja realizar várias tarefas. Isso inclui conhecer realidades com maior precisão, estimar cenários, antever situações e avaliar o desenvolvimento de seus programas e ações. Os dados são ferramentas de apoio à missão.

O diretor do departamento de Arquivo, Estatísticas e Pesquisa da sede sul-americana adventista, doutor Thadeu Silva, explica que o novo documento trata de orientações e até sanções administrativas em relação ao descumprimento destas normas.

Pontos principais do documento:

Origem dos dados

Os dados controlados pela Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia (DSA) e suas instituições são oriundos de seis fontes primárias. Estes dados estão disponíveis nos vários sistemas de uso da Igreja Adventista na América do Sul – como o ACMS e os vários repositórios, arquivos, depósitos físicos e virtuais. Estão também em outras fontes – desde os próprios indivíduos, até agendas, atas, registros, termos, certidões, votos, relatórios, fichas, declarações, formulários, cartas geradas e/ou recebidas pela IASD e outros documentos.

  1. Membros da igreja e sua família, cujos dados são revelados espontaneamente e em confiança na ficha batismal, na atualização cadastral e na descrição dos dízimos e ofertas;
  2. Igreja local: dados coletados por observação efetuada pela secretaria local e/ou pela equipe da tesouraria;
  3. Interessados: pessoas que se aproximam da igreja e por ela são cadastradas no Adventist Church Membership System (ACMS) ou que se cadastram no sistema 7me (portal destinado ao membro e ao doador);
  4. Sistemas computacionais de inserção e armazenamento de dados;
  5. Pastores, servidores e seus familiares com vínculo com a Igreja e suas instituições, tanto os em atividade como os aposentados, jubilados e pensionistas;
  6. Documentos e registros administrativos, legais, eclesiásticos, trabalhistas e de outras naturezas que compõem as atividades ordinárias e extraordinárias da Igreja Adventista do Sétimo Dia e suas instituições ao longo da sua história.

Princípios gerais de acesso aos dados

Finalidade: ter acesso aos dados para conhecer tendências gerais da população adventista no território da Divisão Sul-Americana.

Acesso por outros sistemas: Os dados da Igreja Adventista do Sétimo Dia só poderão ser acessados por sistemas sob controle e responsabilidade da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia. É terminantemente proibido acessar o ACMS ou qualquer outro repositório, arquivo, depósito ou banco de dados, físico ou eletrônico de qualquer outro sistema informacional, criado, mantido ou gerado por outras pessoas ou por entidades que não seja a Igreja.

Acesso aos dados pessoais: É vedado e pode ser punido por lei o acesso a dados pessoais de membros, pastores, interessados: nomes, sobrenomes, estado civil, endereços, telefones, e-mails, fotografia, data de nascimento, números de documentos, filiação, religião anterior, data e lugar de batismo, pastor oficiante do batismo, cargo na igreja, sexo, lugar de nascimento, família relacionada, grau de instrução, profissão, data de casamento, usuário de acesso, doações financeiras, ou qualquer outro dado pessoal.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox