Notícias Adventistas

Igreja compartilha orientações contra impacto das fortes chuvas em Salvador

Por Heron Santana 26 de novembro de 2019

Climatempo prevê chuvas até quinta-feira. (Foto: Bahia No Ar)

A Defesa Civil de Salvador emitiu alerta máximo por conta das fortes chuvas que caem na capital baiana desde a noite da segunda-feira, 25 de novembro. Fortes áreas de instabilidade cresceram sobre o Recôncavo Baiano, causando grandes volumes de chuva sobre Salvador e outros municípios da região. Por meio das redes sociais, a sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para Bahia e Sergipe está compartilhando orientações do Instituto Nacional de Meteorologia para ajudar as pessoas ameaçadas pelo volume intenso de chuvas na região metropolitana.

Até a terça-feira (26 de novembro) pela manhã, houve 58 ocorrências registradas pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), sendo 19 alagamentos de imóvel, 14 deslizamentos de terra e 11 ameaças de deslizamento.

Mais chuvas

Segundo o site da Climatempo, a previsão é de mais chuva nesta quarta e na quinta-feira, 27 e 28 de novembro. Os volumes de chuva não devem ser tão grandes como os de hoje, mas ainda pode chover com moderada a forte intensidade em algumas horas amanhã e na quinta-feira. De qualquer forma, mesmo que a chuva diminua, é alto o risco de deslizamento e mais enchentes no Recôncavo nas próximas 48 horas por causa do elevado volume de chuva que cai nesta terça-feira, 26, que está encharcando o solo.

Igreja usou redes sociais para compartilhar orientações do Instituto Nacional de Meteorologia.

Cuidados

O Instituto Nacional de Meteorologia publicou orientações com procedimentos que podem ser adotados pela população em áreas de risco, para minimizar o impacto das fortes chuvas:

* Desligue aparelhos elétricos, quadro geral de energia.

* Observe alteração nas encostas.

* Permaneça em local abrigado.

* Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.

* Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox