Notícias Adventistas

Treinamento prepara grupo para Evangelismo de Saúde

23 de fevereiro de 2015

treinamento-viva-com-esperanca-grupoPapucaia, RJ… [ASN] O Centro Adventista de Treinamento de Papucaia (CATRE-Papucaia) foi o local de um retiro muito especial neste Carnaval. Participantes das Associações Rio Fluminense (ARF), Rio de Janeiro (ARJ) e Rio Sul (ARS) trocaram a agitação das cidades pelo o Encontro de Saúde “Viva com Esperança”. O evento aconteceu nos dias 13, 14 e 15 e foi realizado por meio de uma parceria entre a União Sudeste Brasileira (USeB), ARF, ARJ, ARS e o Hospital Adventista Silvestre (HAS). O grupo recebeu treinamentos que incluíram aulas práticas e teóricas sobre como potencializar a mensagem de saúde com o objetivo de evangelizar pessoas.

O casal James e Danielle Hartley, do Instituto Leigo de Treinamento de Saúde Global (Light), do Wildwood Lifestyle Center and Hospital (EUA), ministrou treinamento na área de saúde para diretores de departamento, profissionais de saúde e membros interessados no tema. “A mensagem de saúde abre portas para o Evangelho, pois, quando demonstramos interesse pelas pessoas, barreiras e preconceitos são quebrados e conseguimos uma abertura importante para levar a mensagem de Cristo até elas”, pontuou James Hartley, que há 15 anos se dedica a esse ministério.

James contou que vem de uma família católica e que seu pai é proprietário de um açougue. Ele revelou que sempre teve uma alimentação baseada em carnes e que ajudava ao pai na fabricação de linguiças. No entanto, mesmo com uma cultura alimentar tão diferente, foi evangelizado por meio da mensagem de saúde, quando conheceu um restaurante vegetariano, cujo proprietário era adventista, durante uma viagem à Itália e se encantou pela possibilidade de ter um novo estilo de vida. “Eu sou um exemplo de que essa mensagem pode alcançar pessoas “, revelou.
Uma equipe do HAS, liderada pelo Dr. Renato Carstens, que coordena a Escola de Evangelismo de Saúde da instituição desde agosto de 2013, esteve no treinamento e dividiu experiências com os participantes. ”Nosso objetivo é preparar pessoas para torná-los missionários da saúde”, afirmou.

A Escola de Evangelismo de Saúde do HAS funciona nos fins de semana, quinzenalmente, e forma uma turma a cada semestre. De acordo com o Dr. Carstens, há um planejamento junto à USEB para que haja um curso nessa área em funcionamento em cada associação.
Para o líder de Mordomia e Saúde da USEB, pastor Elmir Santos, a mensagem de Saúde tem o potencial de alcançar pessoas que, de outra forma, haveria dificuldade de chegar até elas. “Temos um grande desafio no Rio de Janeiro, que é alcançar pessoas mais elitizadas, que vivem em condomínios fechados onde temos enorme dificuldade em ter acesso. Feiras de saúde, clubes de saúde e eventos voltados para esse tema podem abrir portas para esse universo “, disse.

No domingo foi montada uma feira de saúde para que os participantes pudessem ser treinados na prática e vivenciar situações que ocorrem nesse tipo de evento. A atividade foi coordenada pelo diretor do Espaço VIVA (Jacareí-SP), Raul Souza, que deu orientações sobre o passo-a-passo para a realização de uma feira de Saúde bom sucedida. O grupo saiu do encontro animado e cheio de planos para colocar em prática em seus distritos.
“A mensagem de saúde é uma ferramenta chave para o evangelismo nesse ano, em que as ações da igreja estão voltadas para esse tema. Jesus se interessava pela saúde e bem-estar das pessoas com quem se encontrava quando esteve aqui na Terra. Devemos seguir seu exemplo e continuar trabalhando no método evangelístico do Mestre”, avaliou o pastor Robson Menezes, líder de Mordomia, Saúde e Evangelismo da ARF.
James Hartley disse que levará dos fluminenses e cariocas uma excelente impressão. “Saio daqui inspirado pelo entusiasmo e pelo grande número de pessoas que vieram para o treinamento, e também pelo apoio que os líderes da igreja estão dando a esse ministério”. Hartley finalizou alertando aos participantes para a importância do acompanhamento dos interessados após a realização das Feiras de Saúde. Segundo ele, o grande ideal é que cada distrito pastoral realize quatro feiras por ano.

“Estou animado e grato a Deus e à ARF pela oportunidade. Consegui receber nesses três dias todas as informações e respostas para minhas dúvidas. Saímos daqui com conhecimento necessário para realizar um trabalho de evangelismo de saúde em nossas cidades, principalmente utilizando as Feiras de Saúde para alcançar pessoas”, disse, entusiasmado, João Santos, que é Bombeiro Militar em Cabo Frio, na Região dos Lagos. [Equipe ASN, Marcely Rocha]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox