Notícias Adventistas

Repelente grátis e teatro no semáforo para combater a dengue

A ação foi realizada em Serra, região metropolitana do ES, por alunos de uma escola adventista local

Por Ayanne Karoline 21 de maio de 2019

Alunos se posicionaram em uma semáforo da BR101, no bairro de Serra Sede. Foto: Paulo Donna

Mais de 8 mil casos de dengue foram registrados na Serra, cidade mais populosa do Espírito Santo, em 2019, levando a óbito três pessoas. O aumento, em relação ao ano passado, é de 1.848%, se comparado ao mesmo período do ano. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (SESA) e alertam para a importância da conscientização entre os moradores da cidade.

Pensando nisso, um grupo de alunos da Escola Adventista da Serra foi à BR101, na altura de Serra Sede, para fazer teatro no semáforo e distribuir repelente gratuito, nesta terça-feira (21), às 8h30. Eles estavam com os rostos pintados como se fossem à guerra. A ideia foi chamar a atenção dos moradores para o perigo da dengue e incentivá-los a combater o mosquito.

Dois alunos se vestiram de Aedes aegypti, enquanto outro com uma “raquete gigante” corria atrás deles. Enquanto essa cena acontecia, na faixa de pedestres do semáforo, outros alunos formaram um mosaico com as frases: Atenção à dengue. Esta luta é de todos nós!

A aluna Maria Eduarda entregou um sachê de repelente e conscientizou o motorista Luiz Carlos. (Foto: Paulo Donna)

Motoristas passaram pelo local e receberam um sachê de repelente gratuito, com uma mensagem de conscientização. “Eu gostei de ir às ruas e acho importante dar esse recado porque as pessoas ignoram os cuidados que devemos ter. Quando entreguei o repelente eu lembrei que não era só importante passar o repelente, mas cuidar do ambiente em que vivemos para não deixar o mosquito aparecer”, comentou a aluna do 9º ano do Ensino Fundamental, Maria Eduarda Preisigke Rocha.

O motorista Luiz Carlos Souza recebeu, das mãos da Maria Eduarda, o repelente e o recado de alerta. “ É muito importante a conscientização para acabar com o problema. Gostei muito da ação ”, disse Souza.  “Considerando a quantidade de casos de dengue na cidade, pensamos em algo para trabalhar a prevenção e a conscientização das ações que precisam ser feitas dentro de cada casa para que essa situação seja amenizada. Isso começando pelos alunos e levando para aqueles que passaram por nós no semáforo”, lembrou a diretora da escola, Lucilene Couto.

Como se prevenir

– Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;

– Tirar água dos pratos de plantas;

– Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;

– Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;

– Manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;

– Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

*Fonte: Secretaria Estadual de Saúde

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox