Notícias Adventistas

Igreja Adventista auxilia fumantes no combate ao tabagismo

Por meio de cursos gratuitos antitabagismo a Igreja Adventista do Sétimo Dia cumpre a lei que decreta o Dia Nacional de Combate ao Fumo.

27 de agosto de 2015
Danos: pesquisas da Sociedade Brasileira de Pneumologia motram, por exemplo, que a fumaça inalada pelo fumante passivo é mais prejudicial do que se pensa

Danos: pesquisas da Sociedade Brasileira de Pneumologia mostram, por exemplo, que a fumaça inalada pelo fumante passivo é mais prejudicial do que se pensa

Brasília, DF … [ASN] Instituído pela Lei nº 7.488 de 1986 o Dia Nacional de Combate ao Fumo, 29 de agosto, tem por objetivo “alertar a população para os malefícios advindos com o uso do fumo”conforme o artigo 1º. Seguindo o propósito da Lei, a Igreja Adventista do Sétimo Dia promove cursos gratuitos que oferecem ferramentas de auxílio para o combate ao tabagismo – considerado a principal causa de morte evitável no planeta pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Leia também:

Cursos gratuitos são alternativa para os que desejam parar de fumar

Curso para deixar de fumar realizado em Valadares ganha destaque na mídia local

Os cursos têm, em média, duração de cinco dias e são oferecidos ao longo de todo o ano. O objetivo principal é o de apresentar mecanismos que auxiliem no combate ao tabagismo. Segundo o médico Marcello Niek, diretor de Saúde da Igreja Adventista na América do Sul, o tempo total do curso é ideal porque possibilita a adoção de novos hábitos e conhecimentos sem limitar a rotina dos participantes. “É um tempo suficiente para a pessoa se integrar, conscientizar-se e se envolver no que estamos apresentando sem cansar e ter de abrir mão de outras prioridades”, afirma.

Cigarro: um vício

Para Niek, abandonar o cigarro é difícil pois a vontade de fumar está associada a “mecanismos de disparo” como, por exemplo, a ansiedade. “A pessoa cria a falsa sensação de que o ato de fumar acalma. Quando, na verdade, essas sensações aumentam justamente pela abstinência à nicotina”, esclarece o médico. O pneumologista Ronaldo Almeida explica que o uso do cigarro é considerado vício por levar o usuário à dependência química e, por essa razão, exige auxílio para ser vencido.

Considerando a natureza viciante do cigarro, o curso Como Deixar de Fumar em Cinco Dias oferece recursos que dão ao usuário ferramentas para driblar a vontade de fumar. Uma delas é a inserção de um estilo de vida saudável livre de alimentos e substâncias que induzem ao tabagismo. “Café, doces e bebidas alcoólicas estimulam o organismo e potencializam o desejo de fumar”, explica Almeida.

Além disso, a nicotina e a cafeína são estimulantes químicos que, em conjunto, sobrecarregam o sistema nervoso, produzindo a falsa sensação de bem-estar no corpo do usuário, além da sensação de codependência. “Por essa razão, um cafezinho puxa a vontade de fumar e vice-versa”, complementa Niek.

O médico conta que a conscientização do fumante sobre as vantagens de uma vida saudável, livre de vícios, também é uma parte importante do curso, além do apoio social e espiritual. “Dessa forma, em cinco dias nós conseguimos tirar a pessoa de uma situação de dependência para o início de uma nova caminhada”, enfatiza.

Quem pode participar

Os cursos são oferecidos de forma gratuita para todos os que queiram participar. Fumantes, ex-fumantes e pessoas interessadas em ajudar algum fumante são bem-vindas. [Equipe ASN, Aline do Valle]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox