Notícias Adventistas

Hospital adventista é classificado como “de alto desempenho” em sete áreas

U.S. News & World Report nomeou o Centro Médico da Universidade de Loma Linda entre os melhores hospitais dos Estados Unidos.

Por Sheann Brandon

Hospital emprega tecnologia de ponta para o atendimento aos pacientes (Foto: Universidade de Loma Linda)

O Centro Médico da Universidade de Loma Linda foi classificado como o melhor hospital na área metropolitana de Riverside e San Bernardino (Califórnia) pela revista U.S. News & World Report. A instituição também foi classificada nacionalmente em ginecologia e reconhecida como “de alto desempenho” em outras sete áreas.

O ranking anual é projetado para auxiliar os pacientes e seus médicos na tomada de decisões fundamentadas sobre onde receber atendimento para condições de saúde desafiadoras ou procedimentos eletivos comuns.

Leia também:

“O reconhecimento é um testemunho de toda a nossa equipe, que cumpre todos os dias nossa missão de ampliar o ministério de ensino e cura de Jesus Cristo através da prestação de cuidados de alta qualidade para nossos pacientes”, destaca Kerry Heinrich, CEO do Centro Médico da Universidade de Loma Linda.”

Excelência

Quatro das especialidades do Centro Médico foram reconhecidas como de alto desempenho, incluindo gastroenterologia e cirurgia gastrointestinal, neurologia e neurocirurgia, ortopedia e urologia.

Três procedimentos comuns e condições tratadas também foram classificados como de alto desempenho, incluindo o reparo do aneurisma da aorta abdominal, insuficiência cardíaca congestiva e cirurgia de câncer de cólon.

Para as classificações de 2018 e 2019, o U.S. News avaliou mais de 4.500 centros médicos dos Estados Unidos em 25 especialidades, procedimentos e condições. Nas 16 áreas de especialidade, 158 hospitais foram classificados em pelo menos uma delas. Nos rankings por Estado e área metropolitana, a revista reconheceu os hospitais como de alto desempenho em várias áreas de atendimento.

As metodologias dos Melhores Hospitais de acordo com a publicação na maioria das áreas de assistência baseiam-se amplamente ou totalmente em medidas objetivas, como taxas de sobrevivência e readmissão ajustadas ao risco, volume, experiência do paciente, segurança do paciente e qualidade da enfermagem, entre outros indicadores relacionados ao cuidado.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox