Notícias Adventistas

Governo da Guatemala lança iniciativa de saúde adventista

Objetivo é estimular a população a dar mais importância à saúde e fazer uso de oito hábitos saudáveis.

13 de agosto de 2014
Governo-da-Guatemala-lanca-iniciativa-de-saude-adventista

O Ministro da Saúde da Guatemala, doutor Jorge Villavicencio, agradece à Igreja Adventista e a seus milhares de jovens reunidos no Palácio Nacional da Cultura por se unirem na promoção da iniciativa “Eu Quero Viver com Saúde”, no dia 31 de julho de 2014.

Cidade da Guatemala, Guatemala… [ASN] Milhares de jovens adventistas demonstraram sua dedicação ao estilo de vida saudável quando os oficiais do Ministério da Saúde da Guatemala lançaram a iniciativa de saúde, no Palácio Nacional da Cultura, no mês passado.

O evento reuniu líderes governamentais e organizações de saúde para promoverem a iniciativa “Eu Quero Viver com Saúde”, da Igreja Adventista, um plano que promove oito hábitos saudáveis, como beber água, fomentar uma atitude positiva, consumir frutas e vegetais, descansar por horas suficientes, não consumir alimentos de baixa qualidade, comer mais no desjejum e menos no jantar e ser feliz.

“Obrigado por compartilharem essa iniciativa”, disse Jorge Villavicencio, Ministro da Saúde da Guatemala, ao manifestar apreciação pelos líderes da Igreja e às mais de 6.300 pessoas que lotaram a praça nacional. “Seu apoio e preocupação pela saúde de nosso país nos irão ajudar na prevenção das doenças que afetam nosso país. Realmente não sabemos como retribuir-lhes por seu apoio.”

Villavivencio uniu-se aos líderes da Igreja, no palco, e a milhares de jovens na praça, que viajaram para o Congresso Interamericano de Jovens, em uma rotina de exercícios de 30 minutos.

Saúde para a comunidade

O lançamento foi feito em um dos quatro locais na capital, com clínicas móveis oferecendo check-ups gratuitos, atividades de condicionamento físico, reuniões de nutrição e outros serviços de saúde conduzidos pelo governo ao longo do dia. Os jovens adventistas que viajaram para a Guatemala, para assistirem ao congresso de jovens do amplo território da Igreja, desfilaram pelas ruas e distribuíram folhetos pertinentes à iniciativa.

“A ideia é que os jovens entrevistem cerca de 25 mil pessoas e as instruam a respeito dos hábitos saudáveis e que o governo faça o acompanhamento”, disse Gustavo Menendez, diretor de Comunicação da União da Guatemala. O governo adotou a iniciativa de saúde depois de receber a sugestão da Organização de Saúde Pan-Americana para contatar a Igreja Adventista na Guatemala, explicou Menendez.

Governo-da-Guatemala-lanca-iniciativa-de-saude-adventista 2

Praça nacional recebeu 6.300 pessoas para programa que aconteceu na capital do país.

“Ver a iniciativa ‘Eu Quero Viver com Saúde’ chegar a esse nível do governo nacional dá grande satisfação”, disse Antulio Espinoza, diretor de Saúde da sede da Igreja para o norte do México (União Mexicana do Norte) e criador da iniciativa. “É maravilhoso ver que a mensagem de saúde que a Igreja mantém por mais de 150 anos está beneficiando muitas pessoas através das fronteiras. O plano foi adotado no México e a intenção é levá-lo à República Dominicana, à Colômbia e a vários países europeus.”

O objetivo da iniciativa, durante o congresso de jovens, é que os próprios participantes pratiquem hábitos saudáveis e compartilhem com os guatemaltecos os benefícios do viver saudável, e que, ao voltarem para casa, também compartilhem a mesma mensagem em suas igrejas e comunidades, explicou Espinoza.

Bevann Douglas, 26, um delegado de Trinidad, ficou feliz ao ver a Igreja assumindo o papel de liderança nessa iniciativa de saúde. “Devemos praticar seriamente o estilo de vida saudável, porque na maior parte do tempo é difícil nos distinguirmos dos demais quando se trata de nossas escolhas na saúde”, disse Douglas. “É importante que nos alimentemos corretamente e que estejamos em boa forma para prevenirmos as muitas doenças.” A cada terceiro sábado do mês, Davis e sua igreja oferecem check-ups nas comunidades próximas.

Para Mayrel Artiles, 21, de Porto Rico, a iniciativa vai muito além do alimentar-se corretamente. “Ela diz respeito a transmitir alegria e felicidade. Vejo uma grande necessidade de saúde emocional e espiritual. Nessa iniciativa podemos compartilhar muito mais da paz e da esperança que temos em Jesus”, destaca. [Equipe ANN, Libna Stevens]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox