Notícias Adventistas

Conheça os hábitos dos adventistas sobre o uso de álcool e tabaco

Dados de uma pesquisa mundial revelam que, ainda que poucos, alguns adventistas ainda fazem uso de tabaco e álcool

Por Departamento mundial de Arquivo, Estatística e Pesquisa da Igreja Adventista 31 de maio de 2019

Fumar aumenta em 25,7 vezes o risco de mulheres desenvolvem câncer de pulmão. (Foto: Shutterstock)

Uma vez que as bebidas alcoólicas, o tabaco e o uso irresponsável de drogas e narcóticos são prejudiciais ao nosso corpo, devemos nos abster deles também. (28 Crenças Fundamentais, 2015.) [1]

Recentemente analisamos as tendências globais de dieta dentro da Igreja Adventista. Hoje, vamos um passo adiante, examinando os hábitos dos membros da igreja quando se trata do uso de álcool e tabaco. De acordo com as 28 Crenças Fundamentais, a Igreja Adventista promove a completa abstinência de produtos de tabaco e álcool, pois estes são prejudiciais ao nosso corpo, bem como às nossa mente.

Em 23 de agosto de 2018, The Lancet, [2] uma importante revista científica no Reino Unido, publicou um estudo inovador que confirmou o que os adventistas têm defendido há anos: que não há nível seguro de consumo de álcool. Este estudo também descobriu que:

1. O álcool é um fator importante na mortalidade global e na incidência de doenças e o maior fator de risco para aqueles com idade entre 19 e 45 anos.

2. A mortalidade por todas as causas estava associada a qualquer nível de uso de álcool.

3. O risco de muitos tipos de câncer aumenta com qualquer nível de uso de álcool.

4. Os autores confirmaram que não havia nível seguro de uso de álcool! O nível de ingestão de álcool que mais reduz os riscos de mortalidade é a ingestão “zero”.

5. A tabela na página 11 do artigo mostra claramente que mesmo meio copo de bebida alcóolica por dia tem um impacto significante no aumento da mortalidade.

6. Quaisquer benefícios para a saúde cardíaca decorrentes do baixo consumo de álcool são superados em muito pelo aumento dos riscos de câncer e muitos tipos específicos de riscos cardíacos.

7. Os autores observam que “Estes resultados sugerem que as políticas de controle do álcool podem precisar ser revisadas em todo o mundo, concentrando esforços para reduzir o consumo geral da população”. Isso tem enormes implicações para políticas e abordagens de saúde pública que devem ser mudadas apesar da massiva, rentável e influente indústria do álcool. (Conferência Geral dos Ministérios da Saúde Adventistas, n.d.) [3]

Os membros da Igreja Adventista que participaram da Pesquisa Global de Membros da Igreja 2017–18 (GCMS) foram questionados com que frequência usaram álcool nos últimos 12 meses. Embora seja encorajador que uma grande maioria (91%) dos entrevistados tenha compartilhado que eles não usaram álcool nesse período, é preocupante que 9% dos entrevistados tenham admitido o consumo de álcool no último ano.

Além disso, o uso do tabaco também é uma preocupação, já que a pesquisa mostrou que o uso do tabaco pode causar uma infinidade de problemas de saúde.[4] Segundo o Centro de Controle de Doenças (2018), apenas fumar pode aumentar o risco:

• Para doença coronariana (2 a 4 vezes)

• Para acidente vascular encefálico (2 a 4 vezes)

• De homens que desenvolvem câncer de pulmão em 25 vezes

• De mulheres que desenvolvem câncer de pulmão em 25,7 vezes

Quando os entrevistados da pesquisa mundial foram questionados sobre o uso do tabaco (em qualquer forma) nos últimos 12 meses (Q48), 2,8% dos participantes disseram que fizeram uso nesse período. Felizmente, os restantes 97,2% não o fizeram.

É preocupante que, embora a Igreja Adventista ensine a abstinência de álcool e produtos derivados do tabaco, e a pesquisa científica mostre que eles podem causar inúmeras preocupações com a saúde, alguns membros da igreja em todo o mundo estão usando-os. Esses dados chamam nossa atenção para a importância de aplicar princípios de saúde à nossa vida pessoal e compartilhá-los com a igreja e a comunidade. Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10:10).

Para ler mais sobre os dados do GCMS 2018, veja esta apresentação do Dr. David Trim, do departamento de Arquivo, Estatística e Pesquisa:

http://www.adventistresearch.org/sites/default/files/files/AC2018% 20-% 20Global% 20Church% 20Member% 20Survey% 20Data% 20Report.pdf


[1] Para ler sobre as 28 Crenças Fundamentais, clique aqui: https://www.adventist.org/en/beliefs/, ou para ver a versão em PDF de todas as 28 Crenças Fundamentais clique aqui: https://www.adventist.org/fileadmin/adventist.org/files/articles/official-statements/28Beliefs-Web.pdf

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox