Notícias Adventistas

Casal investe em culinária vegetariana como ministério

Edson e Grasiele Hinschink desenvolvem curso itinerante de culinária saudável em igrejas.

2 de outubro de 2018

Por Leonardo Saimon

Grasiele Hinschink tinha 135 quilos em meados de 2013, e isso a deixava incomodada. Mas não eram somente os quilos a mais que pesavam: as constantes brigas com seu esposo, Edson, motivaram o casal a procurar uma igreja. Neste meio tempo, ela acidentalmente conheceu a TV Novo Tempo.

Após assistir alguns episódios do programa na Mira da Verdade, decidiu encontrar um templo adventista. E foi durante uma semana de programações voltadas à família que o casal começou a sentir mudanças, até que foram convidados a estudar a Bíblia.

Leia também:

“O que mais me chamou a atenção foi o momento do estudo bíblico, que falava sobre saúde. Quando conheci a Igreja Adventista, tinha uns hábitos alimentares totalmente errados”, relembra Grasiele. Uma semana antes de aprender sobre os princípios de como ter uma vida saudável, ela passou a pesquisar sobre os oito remédios naturais.

No entanto, os contratempos da vida impediram Grasiele de, à época, aderir à dieta vegetariana. Mas há dois anos, após participar da Escola Missionária, onde ficou um mês sem ingerir nenhuma proteína animal, a gaúcha adotou definitivamente esse novo estilo de vida.

Por outro lado, seu marido não havia seguido pelo mesmo caminho, e ela não queria forçá-lo a isso. Foi um presente de aniversário que fez com que Edson também passasse pelo mesmo local e voltasse com a alimentação transformada.

Culinária como ministério 

Casal realiza curso itinerante de culinária saudável nas igrejas de Minas Gerais

“Não foi fácil”, admite Grasiele enquanto relembra a decisão que tomou de estudar a Bíblia por meio da culinária. Após se tornar uma adventista do sétimo dia, ela procurou um ministério que pudesse desenvolver dentro da igreja. Ao entrar em contato com um chef que trabalha com pratos veganos em diversas regiões do País, o casal viu nisso uma oportunidade de também se engajarem num projeto semelhante.

Com isso, decidiram viver profissionalmente da culinária vegetariana. Mais do que um ofício, seu projeto se tornou um ministério para falar a adventistas e a amigos sobre os oito remédios naturais. Desde então, o casal tem se dedicado a promover cursos itinerante de culinária saudável.

Eles rodam a região central de Minas Gerais semanalmente para discorrer sobre o tema.

“No sábado pela manhã, a gente vai às igrejas e aproveita o momento da adoração Infantil para falar sobre o assunto com as crianças e depois a parte do sermão é por nossa conta também. Como somos dois, vamos pregar em igrejas diferentes”, explica Grasiele.

E aos domingos, eles ensinam cerca de oito receitas vegetarianas que não contenham ovos, leites e óleos.

Resultados 

Ambos acreditam na transformação que uma dieta equilibrada pode gerar na vida de um indivíduo. Além da perda no peso, Grasiele e o esposo sentiram mudanças profundas no organismo. Doenças que carregavam por tempos desapareceram. Agora, eles buscam proporcionar a mesma experiência para que outros tenham uma vida mais plena e feliz.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox