Notícias Adventistas

Adventistas fazem ação de saúde em torneio mundial de parapente

Cerca de 800 pessoas receberam salada de frutas, água e informações sobre os oitos remédios da natureza, no Espírito Santo

Por Ayanne Karoline 27 de março de 2019

A ação aconteceu antes do momento dos voos. (Foto: Arthur Henrique)

Uma variedade de cores tem transformado o céu de Baixo Guandu, noroeste do Espírito Santo. O “arco íris” é formado por parapentes nas provas da etapa final do Campeonato Mundial de Parapente, que está sendo realizado na cidade até o próximo dia 30. De 39 países diferentes, vêm os 142 atletas que estão competindo.

No último domingo (24), um grupo de adventistas da região promoveu uma ação de saúde para eles. No local de preparação para a prova, os pilotos receberam uma salada de frutas, além de água mineral e um informativo sobre os oito remédios da natureza, em inglês e português.

“A gente entendeu que esses atletas precisam passar por um preparo físico e ter uma alimentação regulada. Então nós aproveitamos esse link para trazer algo que eles se preocupam e que será útil para eles nesse momento”, explicou o pastor Paulo Alberto B. Leite, um dos organizadores da ação.

Atletas e adventistas em espaço reservado para a ação de saúde. (Foto: Arthur Henrique)

Quem recebeu a dica de saúde ficou surpreso e agradeceu, cada um em seu idioma. Foi o caso do italiano Jane Basílio. “A fruta aqui é muito bonita. Na Europa não temos essas frutas, aqui são mais gostosas”, opinou.

“Se nós vamos estar no ar por muitas horas, vamos precisar de energia. E, claro, estar com o corpo e mente saudáveis”, afirmou um competidor escocês. “Para mim é muito importante ter uma alimentação saudável não só no esporte, mas no dia a dia. Você precisa estar preparado e saudável”, comentou um competidor espanhol.

Fora das paredes

A ideia de impactar atletas da competição foi do Pequeno Grupo (PG) Prime Deus. Eles decidiram sair da rotina de reuniões em casa e levar informação à comunidade. Era possível saber mais sobre eles até através da camisa que usavam, que tinha um QR code que direcionava a pessoa à página do Pequeno Grupo no Facebook.

O líder do PG, Fabyano Correa Vagner, explicou que sair das quatro paredes traz vantagens para o PG como o maior engajamento, a melhora da harmonia e frequência, além do contato com outras pessoas, que é o que Jesus nos propôs. “ Além de todos esses benefícios, pudemos ainda propagar a mensagem adventistas àqueles que passaram por nós”, lembrou.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox