Notícias Adventistas

Voluntários da Igreja Adventista promovem feira de saúde no Parque do Cocó

Serviços de saúde atrai público para a entrega do livro “Esperança para a família”

Por Cida Souza e Gerlane Vieira 26 de maio de 2019

Participante recebendo o livro “Esperança para a Família” (Foto: Joseph Redfield)

Integrantes da Igreja Adventista do Sétimo Dia uniram esforços para promoção de uma feira de saúde. O local escolhido foi o Parque Estadual do Cocó, que é um ambiente de conservação da natureza, em Fortaleza. A proposta do evento, que aconteceu no último sábado (25), foi  o estímulo e a conscientização do cuidado com a saúde. Além disso, ação também visava a entrega do livro “Esperança para a família”.   

Dispostos em estandes, foram oferecidos serviços de verificação de pressão arterial, teste glicêmico, massoterapia, aconselhamento, dicas de culinária saudável, apontamento de idade biológica e outros. Os participantes receberam orientações de profissionais voluntários, a fim de obter melhor qualidade de vida.

O participante Denis Lopes, 33, recebeu os serviços e falou que foi a primeira vez que participou de algo assim. “Fiquei impactado com a atenção e o serviço de cada um dos profissionais”. Mesmo tendo conhecimento de algumas das orientações dispostas na feira de saúde, Denis revelou não colocar todas em prática e declara: “A gente nunca cumpre, e com essa exposição da feira, já alerta a gente”. 

A auditora de estoque, Cristiene Silva, 33, conta que foi  visitar o parque e ao ouvir o anúncio dos serviços, se interessou e buscou atendimento para fazer o teste glicêmico. “Eu nunca tinha feito e sempre tinha vontade de fazer. Teve outra coisa também que foi o aconselhamento, me deram bastante atenção. Gostei bastante”.  A participante ressalta ter gostado do livro recebido e que tem interesse pelo o assunto abordado. “Vou ler sim, vejo que é um livro de fácil leitura”, declarou. 

A estimativa de livros entregues foi de mais de 2 mil exemplares. O material literário distribuído aborda questões de relacionamento familiar e introduz conselhos sobre como melhorar suas relações dentro da família. O médico psiquiatra, Rafael Santana, 33, foi voluntário na atividade. “Essa ação chama justamente para essa ideia de lidar com a saúde como algo global”, apontou. Mesmo sendo avaliações básicas, o médico enfatiza que é um momento válido para o autocuidado, além de considerar a espiritualidade um fator importante. “Chama a atenção das pessoas para o que elas podem mudar, o que tem que dar mais atenção na saúde, nos seus hábitos de vida e a questão espiritual.  Me sinto muito bem podendo ajudar, sinto uma realização também nisso”, enfatizou. 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox