Notícias Adventistas

Vendedores de livros são premiados no Mês Máximo

O Mês Máximo é um projeto do Ministério de Publicações que motiva os colportores no trabalho de vendas mais intenso em um período específico.

31 de março de 2015
O Mês Máximo proporciona aos colportores o reconhecimento e premiação para os alvos alcançados.

O Mês Máximo proporciona aos colportores o reconhecimento e premiação para os alvos alcançados.

Colombo, PR…[ASN] Os vendedores de literatura cristã e de saúde, mais conhecidos como colportores, se dedicam ao máximo para propagar a mensagem de Deus através da página impressa. Existe um grupo de colportores que realiza esta atividade não por um período de férias ou por projetos específicos, mas sim durante o ano todo, como profissão e forma de seu sustento – estes são os colportores efetivos. No Sul do Paraná, durante os dias 29 e 30 de março, este público esteve na Estância Betânia, em Colombo, para celebrar as conquistas do Mês Máximo, projeto que motiva os colportores a intensificarem o trabalho em um período específico, normalmente durante dois meses, a fim de cumprir metas e serem premiados pelas vendas realizadas.

O Mês Máximo é lançado aos vendedores duas vezes ao ano e propõe alvos mais desafiadores, fazendo com que a dedicação seja mais intensa. Como forma de materializar o esforço, é criado um ranking. “O Mês Máximo já é uma tradição de anos. O colportor espera e se prepara para este acontecimento. Durante os meses, ele trabalha normalmente, mas no Mês Máximo ele se empenha mais! Todos participam”, conta o líder do Ministério de Publicações da Associação Sul Paranaense (ASP), Elissandro dos Santos.

A Afec se dedica a dar apoio e auxílio às mulheres dos colportores

A Afec se dedica a dar apoio e auxílio às mulheres dos colportores

Premiados por categorias alcançadas, os colportores foram presenteados com os mais diversos produtos, desde TV até tablets e troféus. A comemoração foi referente ao Mês Máximo do segundo semestre de 2014. Na ocasião, além deste momento, os 15 participantes tiveram palestras e também se atualizaram sobre os novos projetos que estão chegando com o objetivo de aprimorar o trabalho.

Buscando envolver toda a família neste trabalho que é considerado um ministério, as mulheres dos colportores também têm o seu espaço. Ela contam com um departamento feito especialmente para elas, a Afec (Área Feminina de Colportagem). Na programação do dia, elas tiveram suas reuniões onde foram instruídas a respeito da vida familiar e colportagem, o seu papel como esposa e apoio ao homem, entre muitos assuntos que procuram auxiliá-las.

Os participantes saíram satisfeitos com os alvos alcançados e premiados e já se preparam para o próximo Mês Máximo que acontece em abril e maio deste ano. Este projeto é um programa da Igreja Adventista na América do Sul. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox