Notícias Adventistas

Universitários se preparam para colportagem de verão

9 de dezembro de 2014

[Santa Maria, RS…] O Brasil é um dos país onde a mensagem da Igreja Adventista chegou através da colportagem. Desde décadas atrás, pessoas percorrem o país com livros e revistas que falam sobre qualidade de vida e comportamento espiritual com objetivo de levar esse material para o povo.

Equipe Valdenses em uma de suas campanhas no noroeste gaúcho.

Equipe Valdenses em uma de suas campanhas no noroeste gaúcho.

Nos dias atuais a colportagem estudantil cresce exponencialmente. Todos os anos centenas de estudantes saem dos internatos e igrejas adventistas de todo país para realizar esse trabalho. Na região noroeste do Rio Grande do Sul ela existe a mais de 50 anos. Posteriormente ela foi organizada em um grupo permanente chamado “Valdenses”. Hoje, após 15 anos de atuação no estado gaúcho, a equipe vem realizando esse trabalho em inúmeras cidades da região. O resultado disso são alunos que conseguem recursos para continuar seus estudos e pessoas que passam a conhecer a igreja e os ensinos de Deus para uma melhor saúde física, mental e espiritual.

A partir do final do mês de dezembro esse trabalho será realizado em Santa Maria. A cidade que a dois anos atrás foi afetada por uma das piores tragédias da história terá mais uma oportunidade de conhecer as mensagens de esperança levada pelos colportores. Eles estarão percorrendo o “coração do Rio Grande do Sul” entre os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, batendo de casa em casa, dando palestras em empresas e oferecendo o material nas áreas comerciais.

No entanto, os trabalhadores não ficarão apenas em Santa Maria. O grupo irá se espalhar pela região. Enquanto uns trabalharão na área urbana, outros estarão visitando lares na zona rural e em cidades menores. Serão, pelo menos, 50 dias de trabalho contínuo mas que terão consequências duradouras.

Segundo o pastor Tadeu Monteiro, diretor do departamento de Colportagem da MOSR,cerca de 40 alunos dos três campi do Unasp são esperados em Santa Maria. “Isso sem contar os colportores do próprio Rio Grande do Sul”, acrescenta.

Segundo o pastor Tadeu Monteiro, diretor do departamento de Colportagem da MOSR, a colportagem tem o duplo objetivo de evangelizar pela página impressa e custear as despesas estudantis dos trabalhadores. “Durante esses 15 anos, a equipe Valdenses, com a bênção de Deus, sempre tem atingido esses objetivos”, comemora. [Equipe ASN, Douglas Pessoa]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox