Notícias Adventistas

Igreja lança o programa Os Dois Ministros

A ideia é unir pastores e colportores distritais em prol do mesmo ideal: o avanço da mensagem adventista

24 de março de 2017

Dois ministros: pastor e colportor. Juntos eles devem promover o crescimento da igreja através da mensagem falada e impressa.

Palmas, TO… [ASN] Na Igreja Adventista do Sétimo Dia existe um ramo chamado “colportagem”. Trata-se de um método de trabalho no qual um “colportor” vende literatura cristã sobre saúde e qualidade de vida. Através desses produtos é possível sustentar-se e falar de Jesus para os clientes. Com formação em Comunicação Social, Artes Cênicas e experiência em coaching de saúde, Yonara Aniszewski é um desses profissionais.

“O fantástico é que a colportagem desafia o ser humano nas áreas físicas, mental e espiritual. É um trabalho muito completo e Deus usa isso para salvar vidas.”, avalia Yonara.

Há quatro meses atuando nessa área, em Palmas, TO, graças aos bons resultados de seu trabalho, ela foi promovida de colportora aspirante a colportora licenciada. Na prática, agora ela tem o mesmo reconhecimento de um pastor, possui plano de carreira e pode, inclusive, participar de decisões importantes da igreja.

A cerimônia de licenciamento de Yonara ocorreu na quarta-feira, dia 23, na Igreja Central de Palmas, durante o lançamento de um programa importante que deve mudar reforçar o ministério pastoral na Igreja Adventista, “Os Dois Ministros”. O programa chega com a proposta de unir pastores e colportores em prol do mesmo ideal: o avanço da mensagem adventista. A meta é que cada distrito (micro região onde estão localizadas uma ou mais igrejas) tenha pelo menos um colportor atuando ao lado pastor responsável por esse território.

Na ocasião, estiveram presentes pastores, membros da igreja local e integrantes da direção da Missão do Tocantins, sede da igreja no estado. Outros colportores distritais em processo de licenciamento também participaram.

O líder dos colportores para região Centro-Oeste Brasileira, pastor Richard Figueredo foi orador do evento. Na ocasião ele ressaltou a importância desse trabalho. “A colportagem é uma maneira de abrir caminhos e contactar pessoas. O pastor muitas vezes não consegue chegar diretamente nos lares, mas o colportor vai de casa em casa, comércio em comércio, visita indústrias, e assim entra com a nossa mensagem e salva muitas pessoas.”, reforça.

O pastor Wagner Almeida, responsável pela região central de Palmas, explicou de maneira prática como funcionará o “Os Dois Ministros” na capital palmense. Enquanto ele leva a mensagem “falada”, como colportora distrital, Yonara é a responsável direta pela mensagem impressa. Além disso, ela promoverá projetos evangelísticos e ações da igreja junto com ele. “O colportor distrital servirá para nós como um grande semeador, entrando nos lares com seus materiais e livros. Ao mesmo tempo as portas ficarão abertas para possíveis estudos bíblicos, por exemplo, que são nosso principal objetivo.”, comenta.

Ao final do lançamento do lançamento do “Os Dois Ministros”, Figueredo desafiou cada pastor do Tocantins a ter  um colportor distrital em sua equipe. [Equipe ASN, Rafael Acosta; fotos: Rafael Acosta]

Clique aqui e saiba mais sobre a colportagem

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox