Notícias Adventistas

Publicações

Equipe de colportagem da ASR quebra recorde mundial em vendas

Ao todo foram vendidos 12.694 livros, dentre eles, estava o livro: O Grande Conflito, com mais de 4 mil e 500 cópias.


  • Share:

Estudantes visitaram famílias e empresas para alcançar objetivos (Foto: Divulgação)

Era o mês de junho de 2021. Guilherme Rizzo estava liderando mais uma campanha de colportagem nas férias. Desta vez, a equipe Ômega, que trabalharia na cidade de Ijuí, interior do Rio Grande do Sul, com 125 estudantes. O trabalho junto aos treinamentos e visitações iniciaram. A colportagem corresponde à venda de livros que abordam sobre saúde, bem-estar e também sobre Deus.

Certo dia, Rizzo chegou em casa e encontrou a sua esposa, Pamela Rizzo com fortes dores no estômago. Na mesma hora, Guilherme a levou até o hospital mais próximo. “Quando chegamos no hospital o médico fez uma cara de preocupação, então pensei: a situação é grave”, explica Rizzo.

Pamela precisou fazer uma laparoscopia, que é um exame endoscópico da cavidade abdominal e de seu conteúdo, realizado sob anestesia geral. Segundo o médico, Pamela estava com uma perfuração no intestino que ocasionou vazamento de fezes para o estômago.

“Foi um misto de sentimentos. Estava super feliz com a chegada da Ísis ao mundo, mas também estava passando por uma fase difícil que é o puerpério que por si só já é uma bagunça de sentimentos. Logo depois, adoeci, aí bateu aquele desespero. Me sentia incapaz de fazer qualquer coisa, o medo tomava conta de todos os meus dias!”, revela Pamela.

Segundo o casal, foram longos dias no hospital e, nesse meio tempo Guilherme precisava cuidar de sua filha e dar assistência para os colportores da campanha.

"Tinha momentos em que eu não podia sair com eles, não tinha como. Então eu orei: 'Senhor, tu sabes que eu não posso deixar minha esposa sozinha aqui no hospital, mas também o Senhor sabe que os colportores precisam de um líder. Por favor, saia com eles para o campo' ”, relembra Rizzo.

Perdendo o controle

Guilherme conta que não entendia o porquê de tantas coisas ruins estarem acontecendo naquelas férias. O paulista pensou que perderia sua esposa e que a campanha não seria uma das melhores, já que os empecilhos para o trabalho dos colportores só aumentavam.

A Polícia recebeu denúncias falsas sobre o trabalho dos estudantes, sua esposa ainda estava no hospital e seus liderados não podiam contar em tempo integral com sua assistência.

“Nós (os 5 líderes) decidimos mudar os estudantes de campo. Ao invés de trabalharem naquela cidade maior, decidimos colocá-los em cidades menores que ainda não tinham recebido a visita de colportores”, explica Rizzo.

Reviravoltas 

Neste momento, histórias de experiências positivas no campo aumentaram. Segundo Rizzo, os estudantes chegavam contando milagres que presenciavam em suas visitas.

Os dias se passaram, Pamela recebeu alta do hospital e a campanha de colportagem Ômega, foi reconhecida como a equipe que mais vendeu literaturas sobre saúde física, mental e espiritual no mundo inteiro.

A equipe foi liderada por: Matheus Guimarães, Ítalo Vicente, Guilherme Guarcez, Mateus Lima e Guilherme Rizzo. Ao todo foram vendidos 12.694 livros. Dentre eles, estava o livro: O Grande Conflito, com mais de 4 mil e 500 cópias.

“Eu me sinto muito feliz em ter feito parte disso, valeu a pena cada lágrima, valeu a pena tomar chuva, pegar sol, valeu a pena tudo... Porque quando a gente chega no nosso limite, Deus entra. E podemos ver os milagres que Ele faz. Eu sinto orgulho e felicidade de ter feito parte dessa história”, comemora Bruno Sousa, estudante de jornalismo do Unasp-EC.

A próxima campanha será em Bento Gonçalves e acontecerá a partir do dia 11 de dezembro. Se você tem interesse em participar ou deseja obter mais informações, entre em contato com a equipe Ômega através do Instagram: @equipeomegaoficial