Notícias Adventistas

Colportores participam de concílio

Evento trouxe palestra motivacional e orientações específicas da área

18 de fevereiro de 2016
O Concílio de Publicações acontece anualmente

O Concílio de Publicações acontece anualmente

Ouro Preto do Oeste, RO… [ASN] A colportagem é um trabalho desenvolvido por membros batizados na Igreja Adventista, que abrange a venda de livros sobre a saúde física, mental, espiritual e o relacionamento familiar.

Atualmente a América do Sul conta com 4,5 mil colportores efetivos, ou seja, que tralham em tempo integral e já vendem 489 mil exemplares de livros e revistas por mês. Na região da sede da Igreja Adventista para o Norte de Rondônia e Acre (Associação Amazônia Ocidental), existem 36 colportores efetivos atuando diariamente, 23 no Sonhando Alto e 33 estudantes, que colportam nas férias.

Para treinar e motivar os colportores efetivos, que trabalham em tempo integral com a colportagem, nos dias 14 a 16 de fevereiro foi realizado o Concílio de Publicações em Ouro Preto do Oeste, em Rondônia. No evento, os 36 colportores e suas famílias assistiram palestras com o diretor de Publicações da sede da Igreja Adventista para Roraima, Amazonas, Acre e Rondônia (União Noroeste Brasileira), pastor Cícero Rodrigues, o palestrante motivacional José Airton Ramos e o presidente da Associação Amazônia Ocidental, pastor Emerson Campanholo.

Os 70 participantes receberam treinamentos específicos da área da colportagem, palestras motivacionais para a família e reflexão bíblica. Na área de lazer, todos puderam participar de gincanas e atividades ao ar livre. Na segunda-feira, 15, todos participaram de uma festa, produzida pela Ala Feminina da Colportagem (Afec), com dinâmicas e momentos descontraídos.

Segundo o diretor de Publicações da Associação Amazônia Ocidental, pastor Arlindo Kefler, o programa teve o objetivo de motivar os colportores, valorizar suas famílias e passar conteúdo que vai fazer a diferença no campo de trabalho.

Para Sebastião Antônio Gomes, colportor há cinco anos, o evento foi de soma e vai levar para casa o aprendizado para ser colocado em prática. “A primeira motivação é a espiritual, que estamos fazendo algo que Deus abençoa. Com as palestras, aprendi técnicas para enriquecer o meu trabalho. Estou levando algo novo para casa e as experiências que troquei com os colegas. Mesmo vindo de tão longe, valeu a pena e fico entusiasmado com o que aprendi”, ressalta Gomes, colportor em Feijó, no Acre. [Equipe ASN, Vanessa Lemes]

Você pode conferir todas as fotos do evento na página do Facebook da Afec.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox