Notícias Adventistas

Chuva não atrapalha Impacto Esperança no centro sul de SC

Ao todo, foram 350 mil livros Em Busca de Esperança entregues somente neste dia 27 de maio

São José, SC… [ASN] Sábado, 27 de maio, a chuva caia nas primeiras horas de manhã na região centro sul de Santa Catarina. O Impacto Esperança estaria cancelado? Muito pelo contrário. As gotas foram um combustível para os adventistas saírem as ruas e alcançarem pessoas para Cristo por meio das páginas do livro Em Busca de Esperança. Foram 350 mil exemplares entregues por todas as mais de 200 congregações adventistas da região.

“A chuva apenas evidenciou que estamos dispostos a fazer sacrifícios em favor do próximo. Vale destacar também que as pessoas foram muito receptivas, aceitaram e valorizaram. Algumas pediram mais livros para levar para parentes e conhecidos. São como sementes que foram semeadas com sorrisos, boa vontade e amor”, comenta o pastor Apolo Abrascio, Presidente da Igreja Adventista na região centro sul de Santa Catarina.

Os adventistas criaram ações diferentes para impactar as comunidades. Os livros foram entregues desde regiões populosas, como também em localidades rurais. E os principais fatos e histórias interessantes você acompanha nas fotos a seguir:

Oração em Itajaí

O clube de desbravadores Heróis da Fé, da Igreja Adventista do bairro São Vicente (Itajaí), pegou os livros dentro do templo com chuva. O clube orou e ao colocarem o pé do lado de fora da igreja a precipitação parou. 1000 livros foram entregues.

 

 

 

 

 

 

Passeata em Florianópolis

No bairro Jardim Atlântico, os adventistas da região fizeram uma passeata para melhor identificar o projeto para a comunidade. Ao retornar ao local do início da ação, o pastor Adelson Silva relata um fato interessante: “No retorno, uma senhora nos parou para dizer que já havia lido 4 capítulos do livro”.

 

 

 

 

Divulgação em São João Batista

Em São João Batista o Impacto Esperança já era esperado pela comunidade. O jornal Correio Catarinense publicou duas notícias sobre a ação. A primeira notícia foi no dia 23 de maio sobre a entrega do livro para os vereadores da cidade e no dia 26 o jornal orientou a população a receber os adventistas com tranquilidade.

 

 

 

 

Esportistas em Itajaí

O Ministério G148 Mexa-se Pela Vida de Itajaí, composto de corredores adventistas da cidade, distribuiu o livro missionário convidando as pessoas para participarem do ministério esportivo. Não teve chuva que atrapalhasse eles. Esse ministério faz parte dos 20 novos departamentos criados na Igreja Adventista Central de Itajaí e ao todo, no sábado, a congregação entregou 5 mil livros.

 

 

 

 

Livros em Brusque

Esta senhora de Brusque tem 4 livros dos anos anteriores do Impacto Esperança. Ela lê, anota e estuda para pregar na igreja evangélica que frequenta. Ao receber o livro missionário deste ano, ela confirmou para o pastor Evandro Vargas, líder do Ministério de Publicações do campo, que irá neste fim de semana no evangelismo com o pastor Luís Gonçalves em Itajaí.

 

 

 

 

Sorriso em Criciúma

Os jovens adventistas de Criciúma entregaram o livro missionário em Busca de Esperança de uma maneira inusitada. Dando um sorriso. O grupo entrava nos ônibus e começa a sorrir, dar gargalhadas. Na sequencia eles explicavam sobre a alegria de ter esperança e entregavam o livro. Cássio Bortoluzzi, ancião dos jovens, relata alguns depoimentos: “Teve uma senhora que começou a chorar dizendo que precisava sorrir naquele dia. Outra pessoa foi agradecer e se emocionou falando: ‘estou com problemas'”.

 

 

 

O pão da vida em Florianópolis

Ysminia (de branco) trabalha em uma padaria no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis. Sua família é Adventista e mora na Bahia. Desde que veio para Santa Catarina ela se afastou de Jesus. Ao receber o livro, ela disse: “Considero isso um chamado de Jesus pra voltar aos Seus caminhos”. Ela afirmou que estará em breve visitando a igreja.

 

 

 

 

 

O pequeno orador de Garopaba

Abraão (ao centro) foi adotado há menos de dois anos por uma família adventista de Garopaba. Logo ele aprendeu que a oração é fundamental em sua vida. Por isso, ao distribuir o livro neste dia 27, ele pedia para orar com as pessoas que abordava. Como resultado 10 famílias oraram com o pequeno missionário. Dez famílias foram alcançadas por Jesus através de uma criança de 6 anos.

 

 

 

 

Ouvinte em Biguaçu

Mário e Micheli foram com a sua classe da Escola Sabatina da Igreja Central de Florianópolis para uma região retirada de Biguaçu. Após baterem na porta de uma casa, uma senhora sorridente perguntou: “vocês são adventistas?”. “Eu ouvi na rádio Novo Tempo que vocês fariam este trabalho hoje, entretanto não tinha certeza se iriam me encontrar aqui neste local tão distante”, explicou a senhora.

 

 

 

 

“Essas são apenas das muitas histórias que aconteceram. Só saberemos no céu os resultados deste trabalho silencioso do Espírito Santo nos lares dessas pessoas”, conclui o pastor Evandro. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox