Notícias Adventistas

Voluntários dedicam férias para fazer a diferença na comunidade

Varal solidário, doação de sangue, construção e reforma de casas, visitação e serenatas, distribuição de livros missionários são algumas das muitas ações realizadas por esses jovens que usam suas férias para impactar a comunidade.

Por Letícia Alves 22 de julho de 2021

Mais de 1700 jovens estão inscritos nessa edição do Missão Calebe no centro do Paraná

Voluntários do projeto Missão Calebe têm dedicado parte das suas férias para fazer a diferença na comunidade. O mês de julho para eles já tem compromisso certo com o Calebe de inverno. E mesmo que as temperaturas caiam, o ânimo e a força deles para fazer o bem só aumentam.

Varal solidário, doação de sangue, construção e reforma de casas, visitação e serenatas, distribuição de livros missionários, entre outras, são algumas das muitas ações realizadas por esses jovens que usam suas férias para fazer a diferença e impactar a comunidade.

Em Curitiba, no distrito Cachoeira, a disposição e alegria desses voluntários contagiam, e é por isso que a cada edição do projeto mais pessoas se unem para servir o próximo. Nesse Calebe de inverno cerca de 160 jovens estão atuando na missão. “Temos um grupo bem heterogêneo, de diferentes idades participando. Realizamos muitas ações, assim todos conseguem achar as que mais se identificam para participar”, conta Denise Schenoveber, distrital jovem.

Além das ações propostas e desenvolvidas pelo grupo, o projeto leva os voluntários à reflexão, tornando-os mais observadores e empáticos com as pessoas ao redor. Denise conta que além das atividades coletivas, um jovem se propôs a limpar o terreno de um vizinho idoso, outras convidaram crianças e plantaram mudas pelo bairro, entre outras boas ações que surgiram de forma espontânea e individual. “É uma alegria muito grande vê-los engajados, participando, em meio a um mundo tão ruim”, afirma a distrital.

Desafios

O Calebe já está no calendário das férias, mesmo assim, cada edição conta com novos desafios e para Denise esses desafios começaram cedo. Mas a superação é que trouxe um sentimento de gratidão e deu ainda mais ânimo para continuar. “Nesse Calebe eu testei positivo pra Covid, logo no início. E fiquei em casa organizando, delegando tarefas. Mesmo eu não estando presencialmente outros líderes se levantaram e foi muito legal, a coisa aconteceu”, relata Denise.

Mesmo com os desafios que aparecem, esses voluntários continuam confiantes e sem desanimar. “Que Deus nos abençoe e que até o final da missão nós consigamos fazer muito mais coisas ainda para o Senhor. Que Ele dirija tudo como foi até aqui”, conclui a distrital.

Confira nas fotos algumas das ações realizadas por esses jovens:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox