Notícias Adventistas

Voluntários arrecadam 18 toneladas de alimentos para afetados por chuvas no Rio

Iniciativa do grupo Doutores de Esperança em parceria com supermercado beneficiará famílias de Volta Redonda e Barra Mansa.

Por Fernanda Beatriz 16 de abril de 2019

Arrecadação de alimentos foi feita durante três dias em supermercados da região (Foto: Divulgação / Doutores de Esperança)

As pessoas prejudicadas pelo temporal que caiu sobre o Rio de Janeiro na última semana recebem, desde domingo, 14, cestas básicas providenciadas por voluntários do grupo Doutores de Esperança, ligado à Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA).

Leia também:

Os donativos serão entregues até a próxima sexta-feira, 19, às famílias das cidades de Volta Redonda e Barra Mansa, na Região Metropolitana do Rio, que foram previamente cadastradas pelos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Prejudicados pelo temporal já começaram a receber as cestas básicas (Foto: Divulgação / Doutores de Esperança)

Ao todo, serão doadas 18 toneladas de alimentos não perecíveis. A arrecadação foi feita em apenas três dias, entre terça e quinta-feira da semana passada, na porta de 11 estabelecimentos da Rede Royal de Supermercados em Volta Redonda, Barra Mansa, Resende, Bananal e Nova Iguaçu.

Os voluntários arrecadaram nove mil quilos e o supermercado doou a mesma quantidade, totalizando as 18 toneladas. De acordo com o coordenador geral do Doutores de Esperança, Carlos Anderson Pereira, cerca de 200 pessoas se envolveram na divulgação da campanha, na arrecadação e montagem das cestas básicas. A Prefeitura de Volta Redonda cedeu o espaço da Arena Olímpica para que os voluntários pudessem organizar os donativos.

Veja mais fotos da arrecadação:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grupo leva alegria e alimentos a quem precisa

Os Doutores de Esperança começaram as atividades em 2013, em Volta Redonda. A iniciativa se espalhou e hoje está presente em Barra do Piraí e Petrópolis, no Estado fluminense, e também em Brasília, no Distrito Federal.

O grupo visita hospitais, educandários e asilos com o intuito de levar alegria e também se envolve em campanhas de doação de sangue e de medula óssea. Uma vez por mês, costumam realizar a coleta de alimentos em supermercados para doar a famílias carentes, dentro do projeto “Fome não tem graça”.

Conheça mais sobre o trabalho dos voluntários: 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox