Notícias Adventistas

Vida por Vidas entra para o calendário oficial de Santarém

20 de abril de 2015
Projeto foi aprovado por unanimidade.

Sessão  contou com a presença do  Clube de Desbravadores representando os Jovens Adventistas.

Santarém, PA… Nesta segunda-feira, 21 de abril, a Câmara Municipal de Santarém aprovou com unanimidade um projeto de lei que institui maio como o mês da doação de sangue com o projeto Vida por Vidas, passando a constar no Calendário Oficial do município.

A partir do próximo ano, o Poder Público apoiará a Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) na organização dos eventos para divulgação do projeto. A coordenadora local do Vida por Vidas, Edilene Lamego, explica que agora o projeto terá uma verba municipal para a confecção do material de divulgação, como camisetas, folders, carro de som etc. “Agora não dependemos mais de doações, temos essa logística financeira. Hoje o projeto Vida por Vidas passou a ser reconhecido como um serviço de utilidade pública”, diz.

Jane Escóssio, ex-coordenadora do projeto, foi quem deu os primeiros passos, há dois anos atrás, para que a proposta, apresentada  pelo vereador Chiquinho da Umes (PSDB), se concretizasse. Apesar de não estar mais à frente da campanha, Jane diz estar muito feliz com os resultados. O vereador apoiou o projeto, pois é uma inciativa que  ajuda habitantes de diversas cidades do Oeste do Pará. “Pensei nas pessoas acamadas nos hospitais que necessitam da doação de sangue. É um projeto que beneficia a sociedade que precisa de apoio. Santarém é um ponto de referência na região, pois muitos vêm se tratar aqui”, explica.

Fernando Galvão, diretor do projeto para todo o Oeste do Pará, afirma que isso traz maior reconhecimento para a IASD na região. “O município vestiu a camisa, sendo assim, mais pessoas serão beneficiadas”, comemora.

Neste ano, a coleta de sangue acontecerá dos dias 24 a 28 de maio. O alvo são 500 doadores. Desde que iniciou em Santarém, há cerca de dez anos, o Vida por Vidas bate recordes anuais. Em 2014, foram 342 bolsas de sangue coletadas. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox