Notícias Adventistas

Tesoureiros são treinados para sistema online

Ao todo, 170 tesoureiros passaram pelo treinamento em Rondônia e no Acre

23 de março de 2015
 Atualmente existem 170 tesourarias informatizadas no Acre e em Rondônia. Dos 170, 70 estão em Porto Velho, 60 no Acre e o restante no interior de Rondônia. Foto: Vanessa Lemes


Atualmente existem 170 tesourarias informatizadas no Acre e em Rondônia. Dos 170, 70 estão em Porto Velho, 60 no Acre e o restante no interior de Rondônia. Foto: Vanessa Lemes

Porto Velho, RO… [ASN] Na manhã do último sábado, 21 de março, cerca de 70 tesoureiros foram treinados para utilizar o ACMS, programa que era instalado no computador para registrar a contagem dos dízimos e ofertas nas igrejas, mas que agora poderá ser acessado de qualquer lugar que tenha internet. Os tesoureiros foram treinados no Colégio Adventista de Porto Velho (CAPV), em Rondônia.

No domingo, 22, a equipe de tesouraria da sede administrativa para o Estado do Acre e o norte de Rondônia (Associação Amazônia Ocidental) também esteve em Ariquemes, cidade a 200 quilômetros de Porto Velho, Rondônia, e em Rio Branco, no Acre para trabalhar com os tesoureiros no ACMS online. Quem também realizou o treinamento foi o analista de sistemas da sede da Igreja Adventista para o Estado de São Paulo (União Central Brasileira), Elton Doerner, um dos responsáveis pela criação do ACMS. Ele explica que até julho todos as tesourarias dos oito países sul-americanos já terão migrado para o programa online.

Segundo o tesoureiro da AAmO, pastor Nelson Valdir Pinto, que exerce a função há nove anos na região, esse acesso reflete modernização e investimento da Igreja Adventista Mundial na área. “Estou há mais de 25 anos acompanhando de perto essa área e comecei na época que o trabalho era feito manualmente, depois no programa instalado no computador. Porém, o relatório demorava dois meses para chegar na sede da Igreja Adventista para oito países sul-americanos (Divisão Sul-Americana), em Brasília. No programa online, após o tesoureiro fechar o relatório, os dados já vão na mesma hora. Esse avanço é realmente fantástico”, comemora.

Com essa mudança, os responsáveis por fazer a remessa das igrejas, terão acesso ao programa de qualquer lugar do mundo, basta ter acesso à internet. E essa estrutura foi bem aceita para os que experimentaram o ACMS online. “Para mim é tudo novidade, mas foi uma novidade boa. Eu achei que seria difícil de manusear, mas não é. Antes eu tinha que preencher o relatório no meu computador, gerar um arquivo e mandar para a associação. Agora, é só enviar os recibos. Isso, com certeza, vai facilitar o meu trabalho”, avalia Edson Neves, tesoureiro na Igreja das Pedrinhas, em Porto Velho. [Equipe ASN, Vanessa Lemes]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox